Notícias /

Comemoração do 20º aniversário do Cedeba prossegue até quinta-feira

25/03/2014 19:48

A programação comemorativa do 20º aniversário do Cedeba será encerrada nesta quinta – feira, com a palestra das psicólogas Jeane Braidy e Danúsia Lopes sobre “Humanização da Sáude”, às 12 horas no auditório do Centro de Atenção à Saúde, Professor José Maria de Magalhães Netto (CAS). Hoje, a assistente social da Sesab, Erica Bowes, fez palestra sobre “Ética no Ambiente de Trabalho”, tema que despertou muito interesse nos servidores.

A palestrante começou mostrando a diferença entre moral e ética, explicando que enquanto os valores morais variam mais entre os diferentes povos, e dizem mais respeito ao indivíduo, os valores éticos são mais coletivos. Mostrou que no cotidiano os trabalhadores do Sistema Único de Saúde devem agir em consonância com os valores éticos da universalidade, equidade e integralidade.

E continuou mostrando a diferença: enquanto a Ética é a ciência da conduta do homem perante o ser e seus semelhantes, a moral é conjunto de normas e regras de uma sociedade ou região. A ética permeia as relações do cotidiano, as relações pessoais e a prática profissional.

No trabalho, segundo a palestrante, o profissional não pode se afastar do coletivo, pois deve ter a consciência que este é o caminho para mais qualidade nos serviços. No serviço público ser ético é uma exigência legal, definida pelo Código de Ética, “o servidor público não poderá jamais desprezar o comportamento ético na sua conduta”.

A ética também faz parte dos valores que determinam a qualidade do serviço público: eficiência, transparência e padrão ético”. Em seguida ela apresentou as características do profissional ético: ser honesto em qualquer situação, ter coragem para assumir as decisões; ser tolerante e flexível, ser integro, humilde e ter espírito de colaboração.

Também a excelência profissional exige comportamento ético, porque é preciso saber fazer, saber agir e saber ser, como ressaltou a palestrante. Acrescentou que ser ético é muito mais que cumprir leis e assumir o compromisso com o coletivo.

O artigo 175 da Lei 6677/94 (Estatuto dos Servidores Públicos do Estado da Bahia) define como deveres do servidor, dentre outros, ser colaborativo, atender com presteza, prestando as informações solicitadas, ressalvadas as protegidas pro sigilo, respeitar a hierarquia.

Fonte: Ascom Cedeba
/cedeba/aniversário3

Notícias relacionadas