Notícias /

Comitê faz balanço das ações contra a dengue

25/03/2014 21:31

Integrantes do Comitê Estadual de Mobilização Social de Prevenção e Controle da Dengue na Bahia se reuniram nesta terça-feira (25) para compartilhar ações preventivas, prospectar novas ações e debater a situação epidemiológica da dengue. O Comitê é vinculado à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e conta com a assessoria técnica e operacional da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM).

“Mais que função propositiva, existe neste Comitê, uma concentração de esforços e ações das instituições participantes, tanto no seu ambiente interno, como na sua rede de contatos, dando maior capilaridade as informações sobre o vetor e medidas preventivas e de controle dessa doença. É essa experiência de ação integrada e de intersetorialidade que pretendemos compartilhar com os Comitês Municipais”, ressaltou Elisabeth França, Coordenadora do Projeto.

Durante a reunião, representantes das diversas instituições do Comitê apresentaram o as atividades que vem sendo desenvolvidas, como a conscientização da população por meio de Amostra Científica, promovida pelo Conselho Superior das Entidades Médicas da Bahia (Cosemba), a iniciativa do Programa de Agentes Mirins, da Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A (Embasa), premiado, inclusive, pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em 2013, entre outros.

“No trabalho que fazemos com os reservatórios, onde toda água distribuída para a população passa por uma inspeção mensal, juntamente com o que desenvolvemos em parceria com outros órgãos, a exemplo do faxinaço, temos o cuidado de verificar e orientar os envolvidos quanto ao risco da doença”, explicou Tamara Gottschalk Santos, representante da Embasa.

Formado por representantes do poder público e da sociedade civil (empresas privadas, igrejas, instituições educacionais, associações, etc.), o Comitê tem como finalidade a elaboração de novas propostas relacionadas à prevenção, por meio de mobilização social.

Redução no número de casos

Segundo informações da Sesab, nos três primeiros meses do anos, constata-se uma redução de 91,89% do número de casos, em relação ao mesmo período de 2013. A incidência está concentrada nos municípios de Salvador (729), Feira de Santana (296), Itabuna (192), Pintadas (131), Teixeira de Freitas (75), Jequié (66), Porto Seguro (52), Ituaçu (48), Mirante (44) e Barreiras (42). Do total de municípios do estado, apenas 28 (6,7%) municípios apresentam aumento do número de casos, em relação ao mesmo período de 2013.

Mobilização Social no interior

Além das ações do Comitê Estadual, a SESAB e a FLEM apoiam 23 (vinte e três) municípios do Estado, na implementação do Projeto de Mobilização Social para a Prevenção e o Controle da Dengue. Em cada município, a mobilização social é organizada por Coordenadores vinculados à Secretaria Municipal da Saúde e Diretorias Regionais (Dires). Eles selecionam bairros, entre os que apresentam índices elevados de infestação e casos de dengue. Em cada bairro, os Coordenadores identificam Articuladores, voluntários com liderança e capacidade de comunicação para promover a mobilização em suas comunidades.

A metodologia é inspirada no conceito do filósofo e educador colombiano Bernardo Toro, assim como do educador Paulo Freire, associado à concepção ampliada do processo saúde/doença e de seus determinantes, em uma articulação de saberes técnicos e populares, além da mobilização de recursos institucionais e comunitários, públicos e privados para seu enfrentamento.

Os municípios que integram o Projeto são: Alagoinhas, Camaçari, Serrinha, Conceição de Coité, Itaberaba, Jacobina, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Simões Filho, Valença, Vitória da Conquista, Bom Jesus da Lapa, Eunápolis, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jequié, Porto Seguro, Salvador, Senhor do Bonfim e Teixeira de Freitas.

Ascom Flem
Dengue/reunião comitê

Notícias relacionadas