Notícias /

Será dia 26 o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Gripe

23/04/2014 13:17

Será neste sábado (26) o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Gripe que este ano tem como tema: “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”. Na Bahia, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informa que o público alvo a ser vacinado é é de 2,3 milhões, formado por idosos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas e indígenas. A campanha começou ontem, dia 22. A novidade deste ano é que o Ministério da Saúde ampliou da faixa etária para crianças de seis meses a menores de cinco anos. No ano passado, o público infantil vacinado foi de seis meses a menores de dois anos.

No estado devem tomar a vacina 322.626 crianças; 300.460 trabalhadores da saúde; 161.320 gestantes; 26.508 puérperas; 29.220 indígenas e 1.463.931 idosos. Além disso, as pessoas com doenças crônicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Medidas de prevenção

A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações.

Fonte: MS
/influenza/população

Notícias relacionadas