Notícias /

Unifacs promove coleta de medula óssea de 14 a 16 de maio

13/05/2014 16:26

A Hemoba – Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia, juntamente com a Unifacs (Campus Paralela), realizará no período de 14 a 16, uma campanha de doações de medula óssea com alunos e profissionais da unidade de ensino. A ação resulta de uma parceria da Hemoba com os dirigentes da instituição, que prometem se engajar na campanha de coleta da medula.

A coleta é feita com a retirada, das veias dos candidatos, de uma pequena quantidade de sangue (5 a 10ml) e preenchida uma ficha com informações pessoais. O sangue do candidato será tipificado por exame de histocompatibilidade (HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Seu tipo de HLA será incluído no cadastro. Os resultados são confidenciais e servem apenas para os fins da Rede de Doadores de Medula (REDOME).

Os dados serão cruzados com os dos pacientes que precisam de transplante de medula óssea constantemente. Se o doador for compatível com algum paciente, outros exames de sangue serão necessários. Se a compatibilidade for confirmada, o doador (a) será consultado para confirmar que deseja realizar a doação. Seu atual estado de saúde será avaliado.

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Ascom/Hemoba
/hemoba/unifacs