Notícias /

Cedeba realiza nova etapa do Proced

21/05/2014 15:09

Uma nova etapa do Projeto de Projeto de Qualificação do Cuidado e Mobilização Comunitária em Diabetes (Proced), dessa vez voltada para municípios baianos, será realizada a partir da próxima segunda-feira, dia 26, no Grande Hotel da Barra, numa iniciativa da Secretaria da Saúde do Estado, por meio do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), em parceria com a Fundação Mundial de Diabetes (WDF) e Organização Panamericana de Saúde (OPAS).

O Proced foi concebido com o objetivo de possibilitar a participação de estados brasileiros e países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em atividades de capacitação, aperfeiçoamento, mobilização comunitária e produção de materiais educativos para a atenção ao diabetes, promovendo a troca de experiências adaptáveis a diversas realidades sócio econômicas.

O projeto foi iniciado em 2008, com as atividades do primeiro módulo de Qualificação do Cuidado e Mobilização Comunitária em Diabetes, visando a melhoria da atenção em diabetes para cinco estados brasileiros (Acre, Alagoas, Mato Grosso, Tocantins e Paraíba) e dois paises da CPLP (Guiné-Bissau e Moçambique), beneficiando a um total de 50 profissionais. Em (2009), ocorreu o segundo módulo do projeto, com foco no rastreamento e manejo das complicações agudas e crônicas da doença.

Momento Atual

A nova etapa do Proced, que acontecerá entre os dias 26 e 30 próximos, envolve nove municípios da 10ª Diretoria Regional de Saúde (Dires) de Paulo Afonso (Abaré, Rodelas, Macururé, Chorrochó, Pedro Alexandre, Santa Brígida, Jeremoabo, Glória e Paulo Afonso), Cícero Dantas e Dias D’Ávila, com o objetivo de apoiar políticas de atenção integral à saúde de pessoas com diabetes no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), através da construção de capacidades técnicas dos profissionais de saúde para o cuidado ao agravo, desenvolvendo estratégias eficazes para aplicação e disseminação dos conhecimentos, mobilização comunitária e auto cuidado.

A diretora do Cedeba, Reine Chaves, explica que escolha dos municípios para a nova etapa do Proced ocorreu mediante critérios definidos juntamente com o secretário da Saúde do Estado, Washington Couto, entre eles a cobertura de mais de 50% da Estratégia de Saúde da Família, a participação no Programa Medicamento em Casa (Medcasa), a rede básica organizada e a existência, na regional, de pelo menos 60% dos municípios qualificados na assistência em diabetes mellitus e doenças crônicas.

Centro de Referência

A realização do Proced credenciou o Cedeba como o primeiro serviço do país e o terceiro da América Latina considerado centro colaborador da Organização Mundial de Saúde (OMS) na área de capacitação e treinamento de profissionais para a atenção ao diabetes. Na primeira etapa do projeto foram desenvolvidos trabalhos na área de educação em saúde para pacientes diabéticos, com ênfase na prevenção. Segundo a diretora do centro, “a repercussão positiva que o projeto vem obtendo respalda a certificação do Cedeba, pela OPAS/OMS, como referência, possibilitando a constante troca de experiências com outros estados e países de língua portuguesa e a melhoria da assistência prestada à população.

O segundo módulo do Proced, em 2009, aconteceu em paralelo à I Oficina Nacional de Formação de Tutores de Educação em Saúde, voltada para o autocuidado em diabetes, trazendo de volta a Salvador 50 profissionais, de cinco estados brasileiros e de países de língua portuguesa já contemplados no primeiro módulo.

A.G. Mtb 696/Ba
Cedeba/Proced2