Notícias /

Bahia apoia a Campanha Proteja o Gol

06/06/2014 14:52

A campanha Proteja o Gol, liderada pelo Unaids com o objetivo de mobilizar os jovens e os fãs de futebol na prevenção da Aids, terá o apoio da Secretaria da Saúde do Estado, por meio da Coordenação Estadual de DST/Aids. A campanha, que ainda a parceria do Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA), Ministério da Saúde, Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República e Prefeitura de Salvador, será lançada na próxima segunda-feira, dia 9, a partir de 10 horas, no Teatro Castro Alves.

Utilizando o poder de união do futebol para mobilizar os jovens na prevenção à Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, a campanha Proteja o Gol une continentes na luta contra a Aids. Para simbolizar essa união, uma bola da campanha partiu da África do Sul, país que sediou a Copa do Mundo de 2010, rumo aos países africanos classificados para a Copa do Brasil. A turnê foi iniciada em março.

Outras Ações

O Programa Estadual de DST/Aids realizará várias atividades durante o período da Copa do Mundo, além de apoiar as atividades nos municípios sede, municípios que serão centro de treinamento e outros municípios que estão trabalhando em ações de prevenção, com ênfase para as cidades de Salvador e Porto Seguro. Entre as atividades previstas estão a distribuição de preservativos, distribuição de panfletos e bandanas e disponibilização de teste rápido de para detecção de HIV, sífilis e hepatites virais

Em Salvador, durante a Fan Fest, acontecem ações de prevenção e de testagem. A testagem acontecerá em uma unidade móvel, cedida pelo governo de Sergipe, está apoiando ação.

A coordenadora do programa, Jeane Magnavita, explica que a Sesab terá três equipes trabalhando durante os dias de jogos na Arena Fonte Nova, disponibilizando preservativos e bandanas para os torcedores. Outra ação prevista, em parceria com a Secretaria de educação do Estado, é promover atividades para professores, com foco na prevenção das DST/Aids, a fim de eles atuem como multiplicadores, junto aos alunos e suas “comunidade” escolares.

Rede de Atendimento

Uma importante ação implantada, coordenada e organizada pelo Programa Estadual de DST/Aids, em parceria com o município de Salvador, é a rede para atendimento a pessoas que necessitam de profilaxia pós-exposição sexual e ou ocupacional (PEP). O atendimento às pessoas expostas a situações de risco para transmissão do HIV e Hepatite B, é considerada uma emergência, devido ao risco potencial de infecção pelo vírus, daí a necessidade de intervenção adequada e oportuna, com quimioprofilaxia (uso de medicamentos antirretrovirais), preferencialmente nas duas primeiras horas após ocorrência da exposição.

É indicada a intervenção com antirretrovirais para evitar a infecção pelo HIV em situações de exposição ocupacional (acidente com objetos pérfuro cortantes contaminados durante trabalho; a exemplo de seringas e agulhas usadas em procedimentos como administração de medicamentos, cirúrgicos, odontológicos).

No momento inicial, esse atendimento será realizado nas unidades de Pronto Atendimento (UPA e PA). Posteriormente, os usuários serão encaminhados para seguimento, no Centro de Referência de DST/Aids de Salvador.

As unidades são as seguintes:

Adultos: UPA Albergaria, em Periperi; UPA Valéria, em Valéria; UPA Roma, em Roma; 16° Centro, na Liberdade; 5° Centro, na avenida Centenário; 12° Centro, Conjunto Marback e PA Hélio Machado, em Itapoan.

O atendimento a crianças será realizado apenas na UPA Albergaria, 5°Centro e 16°Centro.

Ascom/Sesab
CE DST-Aids/releasegol