Notícias /

Hospital Octávio Mangabeira inicia o projeto “Estou no Hospital, mas vivo a Copa”

10/06/2014 14:15

Uma parceria entre a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por meio do Hospital Especializado Octávio Mangabeira (HEOM) e Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014 (Secopa) possibilitará que servidores e pacientes acompanhem os jogos da Copa do Mundo, na torcida pela Seleção Brasileira. Para marcar o início da parceria, o secretário da Saúde do Estado, Washington Couto, e representantes da Secopa visitam amanhã (11), às 8 horas, o HEOM, onde serão recebidas pelo diretor da unidade, Renan Araújo.

As atividades previstas para o Octávio Mangabeira durante a Copa do Mundo integram o programa HumanizaSus – Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS -, que tem como objetivo motivar trabalhadores, gestores e usuários do SUS para os princípios e diretrizes da humanização, além de fortalecer iniciativas de humanização já existentes.

A partir da parceria entre a Sesab/HEOM e a Secopa, foram instaladas TVs de 29 polegadas nas diversas enfermarias do hospital, e mais um telão no auditório, para que os servidores e os pacientes internados possam acompanhar os jogos da Copa. Durante o período do campeonato mundial, também serão exibidos filmes que mostram casos de superação.

Um concurso de frases alusivas à Copa do Mundo e à “seleção canarinho” está em curso na unidade hospitalar, e as melhores frases irão estampar camisas que vão ser usadas durante os jogos da Seleção Brasileira.

O diretor do HEOM comenta que no projeto “Estou no Hospital, mas vivo a Copa”, o futebol será usado como agente de comunicação, informação, integração e cidadania, “favorecendo a inclusão de pessoas que estão temporariamente afastadas do convívio familiar e social”.

Ascom/Sesab
Octávio Mangabeira/Copa1