Notícias /

Porto Seguro registra a primeira doação de órgãos

18/08/2014 17:31

O Hospital Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, registrou ontem (17), a primeira doação de múltiplos órgãos, beneficiando pacientes que estão à espera de um transplante, e ampliando para 73 o número de doações de múltiplos órgãos contabilizadas na Bahia, esse ano.

O doador, do sexo masculino, 67 anos, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico, já havia manifestado, em vida, o desejo de doar seus órgãos, sendo atendido pela família. Uma equipe do Sistema Estadual de Transplantes, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), com o apoio de profissionais da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) e da Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Extremo Sul realizou a captação dos órgãos doados.

O coordenador do Sistema Estadual de Transplantes destacou a atitude de solidariedade da família do doador, que autorizou a doação e, com isso, possibilitou que várias vidas fossem salvas. De acordo com Eraldo Moura, a Bahia ainda registra um elevado índice de negativa familiar – mais de 50% das famílias de potenciais doadores não autorizam a doação -, e esse é um dos maiores obstáculos para a ampliação do número de transplantes no estado.

Ainda segundo Eraldo Moura, municípios do interior do Estado tem realizado, com freqüência, o diagnóstico de morte encefálica e doação de órgãos, mostrando que as ações para a interiorização das atividades de doação/transplantes de órgãos estão sendo positivas. Já foram registradas doações em Feira de Santana, Vitória da Conquista, Santo Antônio de Jesus, Jequié, Alagoinhas, Guanambi, Barreiras, Ilhéus, Itabuna e Teixeira de Freitas.

A.G. Mtb 696/Ba
Central de Transplantes/Porto Seguro