Notícias /

Novo protocolo de classificação de risco é implementado no Iperba

27/08/2014 14:21

Desde a implementação da Rede Cegonha (RC), em 2011, o Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba) iniciou a inserção de uma das diretrizes previstas pelo programa: Acolhimento com Classificação de Risco. Nessa perspectiva, a instituição passou a realizar seus atendimentos de emergência de acordo com a necessidade de saúde/ gravidade/ risco ou vulnerabilidade de cada usuário. Nesse contexto, cada paciente era classificada segundo quatro cores, seguindo o protocolo assistencial da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab): vermelho (caso muito grave com risco de vida), amarelo (gravidade moderada sem risco imediato), verde (caso não urgente sem risco de vida), azul (caso para atendimento no posto de saúde).

Este ano, o Ministério da Saúde disponibilizou um novo manual de Acolhimento e Classificação de Risco em Obstetrícia (A&CR) com a inclusão de mais uma cor, a laranja – risco significativo. O objetivo do protocolo é apoiar as maternidades e serviços de obstetrícia no Brasil. Sua elaboração se deu a partir das experiências de maternidades que vêm implementando o A&CR, e contou com a colaboração de gestores, trabalhadores e especialistas dessas instituições.

Fonte: Ascom Iperba
/iperba/classificação