Notícias /

Prevenção do erro médico é tema de fórum no Hospital Roberto Santos

02/09/2014 20:09

Por acarretar consequências geralmente graves e até irreparáveis, o erro médico é sempre um tema de extrema relevância e grande repercussão, mas nem sempre discutido com a frequência e a amplitude necessárias. Uma oportunidade para aprofundar essa questão ocorrerá na próxima quinta-feira, dia 4, quando será realizado no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) o Fórum de Debates da Fundação José Silveira, em parceria com o Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia – Cremeb.

O evento acontece no Auditório Central do Hospital Roberto Santos, das 10 às 12h, com o tema “Erro médico no ambiente hospitalar”. As inscrições são gratuitas, mas deverão ser realizadas pela internet, no endereço eletrônico http://rhhgrs.blogspot.com.br, da Coordenação de Recursos Humanos do HGRS, que organiza o evento, ou diretamente no link https://www.sympla.com.br/erro-medico-no-ambiente-hospitalar__23084. A emissão dos certificados será online, apenas para os que estivem inscritos e tiverem participação efetiva.

Não apenas médicos podem e devem participar do evento, mas todos os profissionais e estudantes envolvidos com a assistência, como o pessoal da enfermagem, nutrição, fisioterapia, terapia ocupacional, psicologia, entre outros, como salienta o assessor médico da Fundação José Silveira, Álvaro Nonato de Souza. “O erro médico não depende só do profissional médico, mas de toda a equipe assistencial: se qualquer das partes falhar, o erro acontece. O desfecho favorável depende de toda a equipe multiprofissional envolvida no cuidado com o paciente”, justifica.

Na visão de Álvaro Souza, a importância de se discutir esse tema é ainda maior nos dias atuais, quando ele ganha maior atenção por parte da sociedade. “Temos percebido uma ênfase muito grande em torno da questão do erro médico, não apenas por parte das entidades de saúde e da própria OMS (Organização Mundial da Saúde) como temos uma mídia mais atenta, um sistema judiciário mais atento, o que resulta em uma sociedade mais bem informada e exigente”, diz o médico, ressaltando que o foco principal dos debates será a prevenção do erro médico, centrada na segurança do paciente.

B.F. / DRT/Ba 1158
/hgrs/erro médico