Notícias /

Rastreamento do câncer de mama atende em setembro na Vila Militar do Bonfim

10/09/2014 19:14

Com o objetivo de contribuir para o diagnóstico precoce do câncer de mama no município de Salvador, a estratégia itinerante do Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) estará na Vila Militar do Bonfim, entre os dias 11 e 30 de setembro (incluindo os sábados e domingos), das 7h às 18h, realizando mamografias e exames complementares em mulheres de 50 a 69 anos, referenciadas pelas 10 Bases Comunitárias de Segurança da Polícia Militar da Bahia, situadas em Salvador.

A Ação consiste na realização da mamografia (1ª fase) e exames complementares (2ª fase) para diagnóstico e encaminhamento das mulheres com diagnóstico confirmado para tratamento em Unidade de Referência (3ª fase), com previsão de atendimento de 280 mulheres/dia, com agendamento prévio.

A Sesab desenvolve desde 2011 o Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama – Estratégia Itinerante, contribuindo com a identificação precoce, o diagnóstico e encaminhamento para tratamento das mulheres com diagnóstico positivo para esta patologia. No período de outubro de 2011 a junho de 2014 foram realizadas mais de 170 mil mamografias, em mais de 275 municípios do interior do Estado.

A parceira entre a Secretaria Estadual da Saúde e a Polícia Militar da Bahia, tem se configurado uma experiência bem sucedida, como nas ações anteriores do Outubro Rosa e na Estratégia Saúde em Movimento e o Pacto pela Vida.

Incidência

O Câncer de Mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento, quanto em países desenvolvidos e se destaca mundialmente como a segunda causa de morte em mulheres.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) são esperados 57.120 casos novos de câncer de mama para o Brasil, em 2014, com um risco estimado de 56,09 casos a cada 100 mil mulheres.

Na Bahia o número de mulheres na faixa etária de maior risco (50 a 69 anos), é de 1.050.783 e em Salvador a população na faixa etária de 50 a 69 anos é de 231.610. (estimativa IBGE 2012). Dados do INCA apontam para 2014 a estimativa de 2.560 casos novos de Câncer de Mama para a Bahia e destes, 980 casos, 37,5% do total, estão concentrados na capital.

Ascom/Sesab
Fonte: Dipro