Notícias /

I Seminário Estadual de Auditoria discute o fortalecimento da gestão do SUS

25/09/2014 18:16

Na abertura do I Seminário Estadual de Auditoria do SUS, na manhã da última quarta-feira, 14, no Fiesta Bahia Hotel, em Salvador, o secretário da Saúde do Estado, Washington Couto, destacou a importância da auditoria para fortalecer a gestão pública, uma vez que estes profissionais também desempenham o papel de orientar os gestores. Ele ressaltou que o estado possui mais de 130 auditores, “todos concursados” que se traduz em uma maior autonomia na realização dos seus trabalhos.

De acordo com diretora da auditoria Sus/Bahia, Daniela Castellucci, mais de 300 pessoas, representando cerca de 30 municípios, se inscreveram no evento, que tem como objetivo proporcionar experiência e fortalecimento das ações da auditoria do estado e do município. Castellucci esclareceu que a “auditoria não pune, ela indica os caminhos e norteia os gestores nas suas ações administrativas”.

Romualdo Anselmo dos Santos da Controladoria Geral da União (CGU) destacou que a Bahia é um exemplo, “pois a satisfação da gestão tem que buscar a satisfação da sociedade, que deve culminar em transparência com o acesso às informações dos órgãos públicos”, disse Romualdo em seu discurso de abertura do seminário.

Para o procurador do Ministério Público do Estado (MPE), Rogério Queiroz, que coordena o Centro de Apoio Operacional e Devesa da Saúde, a auditoria tem papel importante, inclusive para subsidiar outros órgãos, a exemplo do MPE, para tomar suas decisões, nas demandas relacionadas à saúde.

Presente ao evento para falar sobre “Paradigma atual da Auditoria”, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Inaldo Paixão, ressaltou que a auditoria é a “essência da ação de controle e, qualquer gestor, para desempenhar bem seu papel precisa contar com o respaldo auditorial, pois o auditor vai dizer se as praticas adotadas estão de acordo com os critérios estabelecidos e, para isso precisa estar devidamente preparado”, conclui o Paixão.

E, para preparar estes profissionais, a Auditoria SUS/Bahia realiza eventos dessa natureza, onde os profissionais trataram de temas como: o papel dos órgãos de controle na materialização das políticas públicas de saúde, melhores práticas de auditoria, paradgima da auditoria pública, implantação e funcionamento dos componentes municipais de auditoria,metodologias de auditoria e efetividade da auditoria do SUS.

A auditoria é composta por equipe multiprofissional, incluído médico, enfermeiro, odontólogo, farmacêutico e auditor financeiro, que integra profissionais formados em administração, economia e ciências contábeis.

S.C. DRT 3135-Ba
/auditoria/seminário