Notícias /

Bom gosto e variedade na mostra de artesanato do Cedeba

11/12/2014 16:03

O nome bazar, como foi anunciado, ficou pequeno para a mostra de artesanato do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), que acontece hoje na sala de reuniões, até o final da tarde. Os trabalhos mostram a criatividade das servidoras, que buscam no artesanato uma terapia e a possibilidade de geração de renda, para algumas. A qualidade e a variedade de produtos despertaram grande interesse dos servidores, que estão aproveitando para comprar lembrancinhas criativas para o Natal, a preços acessíveis.

A coordenadora de Ensino Multiprofissional do Cedeba, a nutricionista Amália Caldas Porto, levou para a mostra de artesanato belos trabalhos em “patchwork” (aproveitamento criativo de retalhos).Toalhas de mesa, jogos americanos, almofadas, aventais. Ela contou que desde menina tinha atração por costura, quando via sua mãe bordar e costurar. “O curso de “patchwork” me encantou. Tudo que fiz, dei de presente, mas o artesanato é muito importante para relaxar e também para gerar renda”, diz.

Variedade

A Mostra de Artesanato da turma do Cedeba reúne flores feitas em meia e feltro, bijuterias, toalhas de mão e de prato, pesos para porta, caixas decorativas, passadeiras (tiaras), modelos de cupcakes e bolos decorativos, entre outros produtos.

A servidora Ruth Silva, que já trabalha com bolos decorativos, está divulgando seu trabalho, com modelos de bolos e cupcakes tendo o Natal como tema. A farmacêutica bioquímica Arabela Leal vê o trabalho de artesanato como uma atividade de lazer, muito importante para reduzir estresse. Ela começou há dois anos, como autodidata, e vem ampliando seu trabalho com muita criatividade e bom gosto. Caixas decorativas, pesos para portas e tiaras, com equilíbrio de cores e formas.

A.M.V. Mtb 694/Ba
Cedeba/artesanato