Notícias /

MS assina autorização para aquisição do primeiro medicamento da nova Bahiafarma

18/12/2014 19:28

A autorização para a primeira aquisição pelo Ministério da Saúde do medicamento Cabergolina, fruto de Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP), envolvendo a transferência de tecnologia entre o produtor público Bahiafarma e a indústria privada Cristália foi assinada pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro. A assinatura foi feita durante a sétima reunião do Comitê Executivo e Conselho de Competitividade do Complexo Industrial da Saúde (GECIS),  que aconteceu ontem (17), em Brasília

O medicamento é utilizado para o tratamento de distúrbios hormonais relacionados à substância prolactina e da Acromegalia, doença caracterizada pela produção exagerada de hormônio do crescimento e que provoca o crescimento de extremidades (mãos, pés, orelhas, nariz, entre outros), e de órgãos internos como coração e fígado, o que pode causar pressão alta, cirrose e outras complicações.

O medicamento atualmente é importado e o fornecimento pela Bahiafarma ao Ministério da Saúde ampliará o acesso ao produto pelos usuários do SUS na Bahia e em outros estados brasileiros. De acordo com a presidente da Bahiafarma, Julieta Palmeira,  a estimativa do Ministério da Saúde é de que haja uma economia de R$ 16,8 milhões por ano com o tratamento da doença.

Em 2015, serão distribuídos 2,05 milhões de comprimidos, o que representa um investimento de R$ 17,4 milhões. Com a aquisição, deverão ser beneficiados cerca de 30 mil pacientes por ano, que são atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: Bahiafarma
Bahiafarma/Ministério