Notícias /

Região Metropolitana receberá cerca de R$769 milhões para área da saúde

30/12/2014 19:20

A região metropolitana de Salvador (RMS) irá receber um investimento de U$285 milhões (cerca R$769 milhões), sendo U$200 milhões viabilizados através do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o restante contrapartida do governo estadual, na área da saúde através do Programa de fortalecimento do SUS na Região Metropolitana de Salvador (PROSUS). O contrato com o banco foi assinado nesta terça-feira (30) pelo governador Jaques Wagner, acompanhado pelo deputado federal eleito Jorge Solla, na sede da instituição em Brasília.

Os recursos, além de assegurarem a construção do Hospital Metropolitano de Salvador e algumas maternidades em municípios pertencentes a essa região, também se destinam para ampliação e qualificação das redes de Atenção Básica, Psicossocial, Urgência e Emergência e na Rede de Atenção Materno-infantil.

O projeto, idealizado e construído na gestão do então secretário da Saúde Jorge Solla, tem como objetivo o fortalecimento do SUS na Bahia, priorizando a Região Metropolitana de Salvador e ao fortalecimento do planejamento e gestão do setor público. A proposta contempla toda a população da RMS – cerca de 3,5 milhões de pessoas -, mas atingirá diretamente a população SUS-dependente, que corresponde a 90% desse contingente.

Considera-se ainda o fato de que a capital é referência em saúde para todo o estado, por concentrar a maior parte dos serviços de alta complexidade, assim o impacto dos resultados atingirá, mesmo que indiretamente, toda a população da Bahia.

Ao todo o governo Wagner vai deixar para a próxima gestão mais de R$1 bilhão captados para investimentos na saúde entre recursos do BID, BNDES, Caixa Econômica e Ministério da Saúde.

Ascom Sesab
SUS/Prosus

Notícias relacionadas