Notícias /

Festival de Verão: estande da Sesab teve movimento intenso

23/01/2015 14:08

Foi grande o movimento no estande montado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) durante o primeiro dia do Festival de Verão, no Parque de Exposições de Salvador. No estande, que oferece diversos serviços ao público, foram realizados, ontem, 100 testes rápidos para detecção do vírus da imunodeficiência humana (HIV), com três resultados positivos, todos em adultos jovens, do sexo masculino. Foram também distribuídos mais de 8.000 preservativos.

Durante os três dias de evento, que prossegue até amanhã, sábado, profissionais da Sesab, por meio da diretoria de Vigilância Epidemiológica/Programa Estadual de DST/Aids, e do Cedap (Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa), estão dado orientações sobre prevenção de DST/HIV/Aids, distribuindo preservativos e folhetos explicativos, além de disponibilizar, gratuitamente, testes rápidos para detecção do vírus HIV.

Segundo a coordenadora do programa no festival, Simone Caldas, o resultado do exame é divulgado em 20 minutos e, caso seja positivo, a pessoa é encaminhada para acompanhando multidisciplinar em serviço especializado. A equipe que está atuando no espaço instalado no Festival de Verão é formada por oito profissionais, incluindo psicólogos e terapeutas ocupacionais.

Procedimento

Para fazer este teste rápido, primeiro é necessário passar por aconselhamento pré-teste, para saber o que é o procedimento. O resultado do teste é entregue numa sala fechada, com todas as orientações, e mantendo sigilo. Quando o teste apresenta resultado positivo, a pessoa é encaminhada para uma unidade de referência. Em Salvador, o acompanhamento pode ser feito nos Hospitais Roberto Santos, Couto Maia e Universitário Professor Edgar Santos (HUPES), no Cedap, ou em unidades do município, a exemplo do Serviço Municipal de Assistência Especializada (Semai), na Liberdade.

A professora da educação básica Irlane Miranda, 29 anos, realizou o teste na noite desta quinta-feira (22) e aprovou o serviço. “É muito importante para toda a população. Eu aconselho todo mundo a fazer. Já fiz outras vezes e deu tudo ok até agora”. A estudante de odontologia Taiana Guimarães, 25, também passou pelo teste: “Foi tranquilo. A gente fica meio tenso, mas, no final, fica tranquilo. É importante para o cidadão ter a consciência de que pode aproveitar a vida se prevenindo”.

Clique aqui para ver todas as fotos 

Ascom Sesab e Secom
CE-DST-Aids/festival2

Notícias relacionadas