Notícias /

Campanha de prevenção à Aids vai levar verificação gratuita do HIV aos foliões da Bahia

06/02/2015 21:23

A campanha #partiuteste, de prevenção ao vírus HIV, foi lançada em Salvador nesta sexta-feira (6), pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, no Museu du Ritmo, na Cidade Baixa, com a presença dos secretários estaduais da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e do Turismo, Nelson Pelegrino, do músico Carlinhos Brown, presidente da Pracatum, e de representantes de outras entidades parceiras na iniciativa. Na solenidade foi feita a demonstração do teste rápido por meio da análise do fluido oral, que fornece o resultado em 30 minutos e que será disponibilizado gratuitamente durante o Carnaval, em Salvador e em outras cidades do interior da Bahia.

O ministro Chioro afirmou que os jovens não conviveram com o drama do aparecimento da Aids, há 30 anos, e precisam saber que não é uma doença qualquer. “A orientação é fazer sexo seguro com camisinha, fazer o teste regularmente e, se der positivo, começar o tratamento imediato”. Chioro disse que o início imediato do tratamento quebra a cadeia de transmissão, reforçando o conceito “camisinha + teste + medicamento”.

O apoio dado pelo Governo do Estado também foi lembrado pelo ministro. “Nós temos historicamente um grande apoio do Governo da Bahia, que mobiliza suas secretarias e prefeituras. O HIV não vê cara nem local, então é preciso uma ação muito forte em todo o país. E a Bahia tem conseguido resposta positiva graças a este trabalho sério, criando uma estrutura de atendimento para as pessoas que têm HIV e é desta maneira que o Brasil vai enfrentar e ganhar a batalha da Aids”.

Aids na Bahia

Na Bahia, entre 1984 e setembro de 2014, foram detectados 24.086 casos de HIV, a maioria deles em Salvador. O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, disse que “estamos conclamando toda a população, principalmente jovens entre 14 e 24 anos, que tenham uma vida sexual ativa a participar da campanha. Também estamos pedindo que as pessoas usem camisinha, que é um método com eficiência extremamente elevada para se evitar a contaminação destas doenças sexualmente transmissíveis”.

O secretário do Turismo do Estado, Nelson Pelegrino, disse que o Carnaval de Salvador reúne mais de um milhão de pessoas. “Nós, da Secretaria de Turismo, vamos contribuir com o programa federal, temos onze postos, nos três circuitos, e vamos distribuir o material da campanha também no receptivo do aeroporto e na rodoviária. Além disso, teremos 230 guias e monitores do Carnaval que vão dar todas as orientações para turistas e baianos”, informou.

Presidente da Pracatum, o músico Carlinhos Brown participa da ação. “Nossos índices não são tão alarmantes como em outros estados do país. Temos Ongs, líderes da área de saúde que têm um trabalho permanente em relação a estes cuidado com as doenças sexualmente transmissíveis”.

Outros dados

Desde os anos 80, foram notificados 757 mil casos de Aids no Brasil. A epidemia no país está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 20,4 casos, a cada 100 mil habitantes. Isso representa cerca de 39 mil casos de Aids novos ao ano. O coeficiente de mortalidade por Aids caiu 13% nos últimos 10 anos, passando de 6,4 casos de mortes por 100 mil habitantes em 2003, para 5,7 casos em 2013.

A ação do Ministério da Saúde (MS) este ano tem como principal objetivo informar o jovem para se prevenir contra o vírus da Aids, usar camisinha, fazer o teste e, se der positivo, começar logo o tratamento, de prevenção combinada. Atualmente, são cerca de 400 mil pessoas em tratamento, com 22 medicamentos antirretrovirais distribuídos pelo SUS.

Secom

Notícias relacionadas