Notícias /

Subsecretário da Saúde visitou o posto da campanha Fique Sabendo

15/02/2015 17:29

“A campanha Fique Sabendo, de incentivo à realização do teste rápido para detecção do HIV, inaugura uma nova fase no combate ao vírus da Aids, que é a fase em que nós não queremos mais infecções novas. É a fase Zero Transmissão”. A afirmação é do subsecretário da Saúde do Estado, o médico infectologista Roberto Badaró, que visitou na noite de ontem (sábado), o stand instalado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) em Ondina, na avenida Ademar de Barros. No local, durante o carnaval, estão sendo desenvolvidas ações de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e Aids: distribuição de preservativos e material educativo, além de teste rápido para detecção de HIV, sífilis e hepatites virais.

Segundo Badaró, “é fundamental que o apoio do Governo do Estado e a Sesab seja dado à campanha de prevenção ao HIV/ Aids do Ministério da Saúde, que é uma campanha internacional, mas tem a característica brasileira, que é oferecer o teste para que as pessoas fiquem sabendo se estão ou não infectadas pelo vírus do HIV, e tenham a chance de ser aconselhadas e receber o tratamento imediatamente, diferentemente do que acontecia anteriormente, quando só tratávamos o paciente quando já estava com o avanço da doença”.

O posto instalado pela Sesab para a campanha Fique Sabendo entrou em funcionamento às 18 horas de sexta-feira. Nos dois primeiros dias da ação, foram feitos 140 testes para detecção do vírus HIV e 101 para sífilis, e foram confirmados um caso positivo de HIV e dois de sífilis. As ações de prevenção de DST/Aids também estão sendo disponibilizadas em Porto Seguro, em dois postos do Fique Sabendo, instalados na Passarela do Álcool e Arraial d’Ajuda.

“Prevenção é fundamental”

A estudante Laís Souza Brito, 20 anos, esteve ontem (sábado), no stand da Sesab. Ela disse que considera importante ter o posto de testagem no carnaval, que a prevenção de DST é fundamental e que resolveu fazer o teste pois, “caso seja positivo, o início do tratamento o mais rápido possível evita maiores problemas”. O subsecretário da Saúde, Roberto Badaró, destacou que “hoje qualquer pessoa que faça o teste e seja positiva recebe imediatamente o tratamento, o que tem um impacto muito grande na redução da transmissão do vírus”.

Badaró falou ainda sobre o uso do preservativo, que é fundamental para evitar a transmissão do vírus, mas reforçou que o teste rápido também ajuda a evitar a transmissão do vírus. “Ninguém que esteja infectado quer transmitir o vírus para outras pessoas. Então, se a pessoa tem o comportamento de risco ou tem dúvida se está infectado, pode fazer o teste e evitar ter relação sexual sem proteção”, pontuou o subsecretário, acrescentando que a campanha #partiuteste, do Ministério da Saúde, que preconiza Zero Nova Infecção, Zero Morte por Aids e Zero Discriminação é uma iniciativa muito importante para que se consiga alcançar esses objetivos.

O teste rápido, disponível nos postos da Sesab em Salvador (Ondina) e Porto Seguro, possibilita que o folião tenha o resultado em 15 minutos, e caso seja positivo, os profissionais darão orientações para o início do tratamento. A ação da Sesab também está disponibilizando mais de 4 milhões de camisinhas para os dias de carnaval, sendo que 600 mil foram entregues a entidades parceiras, como a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), unidades dos SACs, secretarias estaduais de Turismo (Setur) e Políticas para as Mulheres (SPM).

Sesab/Ascom
Carnaval/fiquesabendo

Notícias relacionadas