Notícias /

Bahia tem pressa em fabricar medicamento para o SUS

25/02/2015 22:03

A Secretaria da Saúde solicitou ao Ministério celeridade na liberação do processo de comercialização do medicamento Sevelamer a ser produzido pela Bahiafarma. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (25), em Brasília, durante a reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). A previsão inicial é que sejam produzidos 70 milhões de comprimidos do medicamento, em 2015.

De acordo com Vilas-Boas, o medicamento será utilizado dentro do Sistema Único de Saúde (SUS) e visa o controle de fósforo no sangue de pacientes com doença renal crônica, que passam por tratamento de diálise em todo o país.

O ministério classificou todas as condições técnicas e operacionais apresentadas pela pasta estadual como aptas. Assim, o secretário Vilas-Boas garante que a produção começará tão logo o acordo comercial seja assinado.

A expectativa é que a assinatura do acordo seja marcada para o mês de março. “Obtendo-se celeridade nos trâmites no Ministério da Saúde, o fornecimento desse medicamento pode ser efetivado ainda no primeiro semestre de 2015”, disse Vilas-Boas.

Ainda na agenda em Brasília, o secretário teve a oportunidade de conhecer o trabalho realizado nos demais estados brasileiros e de apresentar o que tem sido feito na Bahia na área de saúde pública.

Ascom Sesab
Conass/medicamento Sevelamer

Notícias relacionadas