Notícias /

Pediatra do HEC adverte para cuidados com as crianças durante a Micareta

23/04/2015 14:35

Nesta quinta-feira (23) começa, oficialmente, a Micareta de Feira de Santana, festa popular que conta com a participação de pessoas de todas as idades. O público infantil que participa da folia necessita de cuidados especiais para aproveitar a festa com segurança, conforme adverte o pediatra do Hospital Estadual da Criança (HEC), Daniel Portela.

“A prevenção é a melhor atitude adotada pelos pais e responsáveis para proporcionar momentos de diversão aos seus filhos. Para aqueles que vão assistir aos desfiles de blocos e trios em lugares elevados (como sacadas e varandas de apartamentos, camarotes, arquibancadas, etc.), há sempre o risco de queda. Por isso, é importante lembrar que a criança precisa de uma vigilância suficiente para evitar acidentes. Telas de proteção em janelas e restrição de acesso a lugares inadequados são atitudes eficazes”, alerta o pediatra.

Portela acrescenta: “Quanto às roupas e fantasias, peças e acessórios pequenos como lantejoulas podem ser engolidos ou aspirados por algumas crianças. Cordões, cintos e faixas soltas também devem ser evitados para que não haja risco de estrangulamento”.

O pediatra salienta ainda que é preciso que os pais e responsáveis atentem para o uso de máscaras, principalmente as de material sintético que podem impedir a respiração. “Objetos e acessórios pontiagudos ou cortantes não são seguros e, em caso de uso de pintura na pele, os pais e responsáveis devem procurar tintas específicas para esse uso e voltadas para o público infantil.

Roupas leves e claras são mais adequadas para o período das festas”, afirma. Proteção solar e alimentação Evitar a exposição direta ao sol entre 10 e 16 horas, bem como fazer uso de protetor solar diariamente e com reposição a cada duas horas, são ações que ajudam a prevenir acidentes como queimaduras e insolação, adverte o pediatra.

“O consumo de água também deve ser estimulado ao longo do dia, devendo o adulto oferecer frequentemente à criança. Os pais e responsáveis devem ainda ter um cuidado redrobrado no que diz respeito ao consumo de alimentos preparados na rua e em condições inadequadas. A adoção de tais medidas permite que todos aproveitem a folia com segurança e alegria até o último dia, domingo (26)”, finaliza.

Fonte: Ascom do HEC
Hospital da Criança/micareta

Notícias relacionadas