Notícias /

Dia 2 de Maio comemora-se o Dia Mundial de Combate a Asma

01/05/2015 13:00

No dia 02 de maio comemora-se o Dia Mundial de Combate à Asma, uma doença inflamatória crônica das vias aéreas. A asma caracteriza-se por um processo que afeta todo o organismo e não somente as vias aéreas inferiores, que aumentam a produção de secreções e prejudicam a passagem de ar. O asmático tem tosse freqüente, prolongada, geralmente durante a noite, nem sempre com catarro; chiado, cansaço, opressão no peito com dificuldade para respirar. Esses sintomas podem aparecer juntos ou ocorrer isoladamente. A existência de tosse crônica ou a falta de ar ao praticar exercícios físicos podem ser sintomas de asma.

Carpete, cortina e casa pouco iluminada, são um verdadeiro paraíso para os ácaros e um drama para crianças e adultos com asma. A doença causa falta de ar, chiado no peito e cansaço. Durante uma crise de asma, a pessoa sofre com a falta de ar. A doença não tem cura, mas há tratamento para controlá-la.

A pessoa também pode desencadear a asma em situações específicas, como na gripe. As crises também podem ser emocionais. Por exemplo, quando um adolescente vai fazer uma prova e acaba desencadeando uma crise porque está nervoso com a avaliação. O tratamento da asma é feito com remédios antiinflamatórios e com broncodilatadores inalatórios, as populares bombinhas.

Na Bahia, a população conta com o Programa para o Controle da Asma (ProAR), que é um programa de extensão da Universidade Federal da Bahia, construído e desenvolvido em parceira com o Ministério da Saúde, Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS), contando com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). É responsável pela realização de atividades assistenciais para asmáticos graves e ações que articulam o ensino e a pesquisa, sendo adotado e reconhecido pela Organização Mundial de Saúde como um modelo para o controle da asma.

Ascom/Sesab
/asma/Dia

Notícias relacionadas