Notícias /

Hospital Regional de Juazeiro terá nova gestão a partir de segunda-feira

27/05/2015 20:41

A partir da próxima segunda-feira (01/06), a gestão do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) será feita pela Organização Social APMICA – Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Castro Alves. O resultado que definiu a instituição foi publicado na edição desta quinta-feira (27) do Diário Oficial da Bahia.

Trata-se de um contrato emergencial, com vigência de até 180 dias, a fim de substituir a Fundação Professor Martiniano Fernandes (IMIP), que administrava a unidade hospitalar. Os motivos da substituição foram os indícios de irregularidades apontados nas visitas técnicas realizadas na unidade e, preliminarmente, pela auditoria que está em curso, cujo objetivo é realizar um encontro de contas. Entre eles, destacam-se o descumprimento de metas estabelecidas contratualmente, redução da oferta de serviços à população e falta de manutenção do patrimônio público sob sua responsabilidade.

Com este contrato emergencial, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) garante a continuidade dos serviços do HRJ e a assistência à população de uma região que abrange 53 municípios, com cerca de 1,8 milhão de habitantes.

Em até 180 dias uma nova seleção pública estará concluída e os novos contratos terão como premissa a inclusão de indicadores de produtividade e auditorias independentes que auxiliem na fiscalização dos contratos e metas.

A APMICA terá que cumprir metas estabelecidas pela Secretaria da Saúde do Estado como, por exemplo, realizar pelo menos 650 saídas hospitalares/mês, 3 mil consultas médicas com Atenção Especializada e 380 cirurgias ambulatoriais especializadas.Registre-se que houve incremento de 23 leitos de internação, totalizando 152 leitos, ao custo mensal de R$ 3,7 milhões.

Ascom Sesab

Notícias relacionadas