Notícias /

Seminário discute melhorias no faturamento da rede própria da Sesab

15/06/2015 20:55

Melhorar o faturamento da rede própria da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) foi o principal objetivo do seminário que ocorreu nesta segunda-feira, 15, no auditório do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). O secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, abriu o evento ressaltando que, atualmente, apenas 50% de toda a produção das unidades de saúde do estado são registrados, “sendo que, em muitas unidades, este percentual não chega a 25% de todos os procedimentos realizados”. Ele acrescentou que os hospitais têm que trabalhar visando custear os seus gastos.

No evento, que reuniu diretores e profissionais do setor de faturamento, Vilas-Boas destacou que o desempenho financeiro da rede pública do estado está muito aquém do que é produzido mensalmente. Para melhorar estes índices, a Sesab vai investir na capacitação e qualificação dos recursos humanos, que vão trabalhar com base em metas e resultados. Ele também disse que inicialmente irá equipar e informatizar os cinco maiores hospitais do estado para recuperar a produção e evitar perdas no faturamento.

No seminário, que teve como tema Faturamento Hospitalar na Rede Própria, Ana Paula Dias de Santana Andrade, diretora da Superintendência de Gestão dos Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde (Suregs) apresentou o cenário das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do estado, e mostrou o alto valor de perdas neste segmento.

Entre os anos de 2013/2014 as unidades deixaram de registrar cerca de R$55 milhões referentes apenas às diárias. Já na rede de Urgência e rede Cegonha foram mais de R$90 milhões não contabilizados para o estado. Também ocorre o bloqueio das Autorizações de Internamento Hospitalar (AIH) em função das incorreções no preenchimento e a falta de uma revisão detalhada antes de serem encaminhas para pagamento. A diretora ainda explicou que, além de não faturar por falta deste registro correto, esta falha influencia diretamente nos recursos disponibilizados pelo Ministério da Saúde para a pasta.

Ascom/Sesab
Seminario Faturamento

Notícias relacionadas