Notícias /

Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus forma turma de brigadistas

06/07/2015 14:58

O Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus formou sua Brigada de Incêndio, composta por 72 integrantes de vários setores.

A formação da Brigada é muito importante para a instituição, visto que a equipe está preparada para agir de forma prática em situações de perigo e emergência, com o objetivo de prestar os primeiros atendimentos no local, seja para combater princípios de incêndio, prestar os primeiros socorros às vítimas e organizar a retirada das pessoas dos ambientes, caso seja necessário, de acordo com o plano de emergência.

Durante os treinamentos para formação da turma, foram abordados temas como: prevenção e combate a incêndio; classes de incêndio; métodos de extinção do fogo e agentes extintores. Em destaque, foi tratado o sistema de proteção contra incêndio e pânico; abandono de área; equipamentos de combate a incêndio e primeiros socorros.

O engenheiro de segurança do trabalho, Cláudio Estevão, esclarece que os brigadistas são divididos em equipes, para que, em momentos de emergência, se organize a situação, sem pânico. “Eles são treinados nessas situações, enquanto alguns combatem o incêndio, outros socorrem as vítimas e os demais realizam o resgate às pessoas que se encontram no local de risco”, explica.

As orientações passadas no curso, segundo o engenheiro, servem não somente para a aplicação no local de trabalho, mas na vida pessoal. “Eles saem preparados para atuar em alguma situação de risco, auxiliando nos primeiros procedimentos até a chegada da força pública, como o Corpo de Bombeiros”, revela.

A formação dos brigadistas não se resume somente ao curso, mas sim em uma capacitação contínua que será realizada mensalmente pelo hospital com profissionais especializados.

O diretor geral da Unidade, Alex Carvalho, sinaliza a importância dos brigadistas. “Os brigadistas tem um papel importante no hospital: proporcionar segurança para nossos colaboradores e clientes. Temos um grande fluxo de pacientes e a capacitação desses funcionários proporcionará mais tranquilidade e agilidade na ocorrência de uma emergência”.

Membro do grupo de brigadistas do hospital, o auxiliar administrativo, Daniel Ramos, avalia os treinamentos de maneira positiva. “Os cursos foram de grande importância para maior segurança dos colaboradores, usuários e para a preservação patrimonial. As palestras foram interessantes, excelente material didático e a prática muito boa, também”, finalizou.

Fonte: Ascom HRSAJ
/hrsaj/brigadistas

Notícias relacionadas