Notícias /

Ação de rastreamento do câncer de mama acontece na região de Barreiras e Paulo Afonso

30/07/2015 19:14

Com o objetivo de ampliar o diagnóstico precoce do câncer de mama, no período de 3 a 19 de agosto, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) dá continuidade ao Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama, inicialmente nas regiões de Saúde de Barreiras – 15 municípios – e Paulo Afonso – nove municípios. O programa atenderá mulheres de 50 a 69 anos, faixa etária considerada de risco para a doença.

Na primeira fase, as mulheres, que foram identificadas através das Unidades Básicas dos Municípios e Secretarias Municipais da Saúde realizarão os exames em um caminhão equipado com dois mamógrafos, onde cada equipamento tem capacidade para realizar, em média, 70 mamografias/dia, totalizando 140 mamografias/dia/unidade. Além de Paulo Afonso e Barreiras, no dia 03 também teremos atendimento nos municípios de Glória (03 a 08); Catolândia (03 e 04); Riachão das Neves (03 a 12); Cristópolis (03 a 07).

Locais de atendimento

Em Paulo Afonso, as mulheres serão atendidas no Centro de Cultura Lindinalva Cabral, localizado na Avenida Apolônio Sales, s/n. Em Barreiras o atendimento será na Praça Castro Alves, no centro da cidade, em frente ao Palácio das Artes. Em Glória, a estratégia itinerante estará no centro da cidade, na Rua Idalício de Farias, 246, em frente à Secretaria Municipal de Saúde e da Igreja Santo Antônio; Em Catolândia, na Praça Municipal, em frente à Prefeitura; Em Riachão das neves será na Praça 19 de julho, em frente à Secretaria Municipal de Saúde; Em Cristópolis o atendimento será em frente ao Hospital Municipal Antônio José de Araújo, no centro da cidade.

Após a mamografia, num segundo momento, serão realizados os exames diagnósticos complementares para as pacientes que apresentarem imagens inconclusivas, visando à integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico e radioterápico será realizado, em unidades de Alta Complexidade em Oncologia de Referência para a Região de Saúde.

O programa de rastreamento do câncer de mama foi iniciado pelo Governo do Estado em 2011, percorrendo 280 municípios de 17 regiões de Saúde. No período de 2011 a 2014 foram realizados mais de 220 mil exames de mamografia.

O câncer de mama é uma doença silenciosa que atinge milhares de mulheres, podendo até levar à morte.  É o segundo tipo mais freqüente no mundo, e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Na Bahia, o Inca estima que este ano serão 2.560 novos casos da  doença.

Ascom/Sesab
/saúde em movimento/pré-pauta

Notícias relacionadas