Notícias /

Atividades no HEC marcam Semana Mundial da Amamentação

04/08/2015 17:35

Desde o último sábado (1º), comemora-se em todo o mundo a Semana da Amamentação. Até a próxima sexta-feira (7), diversas atividades serão realizadas com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a importância do ato de amamentar, bem como facilitar e fortalecer essa mobilização social.

No Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI), a data comemorativa está sendo lembrada hoje (4). Diversas atividades estão sendo desenvolvidas na unidade hospitalar, visando discutir com os colaboradores e as mães de pacientes internados a importância deste ato de amor.

Uma mesa redonda sobre “A realidade do amamentar e trabalhar” foi realizada logo no início da manhã. Algumas colaboradoras da unidade hospitalar que foram mães recentemente relataram como é amamentar seus filhos após o retorno ao trabalho. A coordenadora do Serviço Social, Gilmara Lopes, foi uma das participantes da atividade.

Segundo ela, é muito difícil deixar o filho em casa nos primeiros dias, mas quando há organização, tudo dá certo. “Preocupei-me em encontrar uma pessoa que cuidasse direito do meu filho, bem como me organizei para ordenhar em determinados horários em que fosse possível estar com ele. Mas essa preparação eu fiz cerca de um mês antes de voltar ao trabalho para que, quando chegasse o dia do retorno, ele já estivesse adaptado”, conta. Gilmara Lopes acrescenta: “Chegar em casa depois de um dia de trabalho e ver o sorriso do meu filho é uma recompensa sem tamanho e faz todo o esforço valer a pena”.

Após a mesa redonda foi ministrada uma palestra sobre “Emprego X Desemprego: repercussões emocionais e do amamentar”. As palestrantes foram a psicóloga Tuane Andrade e a Terapeuta Ocupacional, Vânia Silva. Conforme a psicóloga, não é fácil amamentar e trabalhar, mas é possível. “Organização, planejamento e dedicação são fatores internos muito importantes que a mãe precisa ter. Adaptar o bebê antecipadamente, organizar a ordenha e planejar a sua alimentação são algumas das ações que precisam ser adotadas pela mãe”, explica.

A programação da manhã foi finalizada com um bate-papo sobre “Mitos e verdades da amamentação”, mediado pela enfermeira coordenadora da UTI Neonatal, Carla Starling. À tarde estão previstas palestras sobre “É possível manter a amamentação com a volta ao trabalho?” e “Estratégias para evitar o desmame precoce”, bem como “Amamentação e trabalho materno”.

Fonte: Ascom do HEC
Hospital da Criança/amamentação

Notícias relacionadas