Notícias /

Secretário de Saúde destaca ampliação da atenção básica em dois anos de Mais Médicos

04/08/2015 20:50

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, destacou que o Programa Mais Médicos possibilita a melhoria contínua de indicadores da atenção básica no estado. A conquista deve-se, segundo ele, a ampliação do número de atendimentos realizados. A avaliação foi feita após sua participação na cerimônia de celebração de dois anos de implementação do programa. O ato aconteceu nesta terça-feira (4), no Palácio do Planalto, com a presença da presidente Dilma Rousseff, do ministro da área, Arthur Chioro, além de outras autoridades. O representante do governo da Bahia em Brasília, Jonas Paulo, também acompanhou a agenda.

“Já são mais de 300 municípios beneficiados na Bahia, onde mais de 1.300 médicos foram capazes de amplificar a cobertura da atenção. A expectativa é receber uma nova leva de médicos até o final do ano, o que contribuirá para que possamos cobrir todo o território do nosso estado, que é extremamente vasto, extenso e que precisa de mais médicos”, disse Fábio.

A última turma de médicos que chegou à Bahia neste ano por meio do programa foi composta por 35 profissionais, a maior parte deles brasileiros e baianos que se formaram em universidades da América Latina. Segundo Vilas Boas, o estado pleiteia a vinda de mais médicos para que comunidades que ainda não têm atendimento possam contar com o trabalho desses profissionais.

A dedicação e o jeito de atender são características destacadas pela própria população, conforme depoimentos mostrados no evento no Planalto. Ao comentar esses destaques, Fábio fez um breve relato do que a sua pasta têm vivenciado. “O retorno em todas as localidades onde esses médicos atuam é muito positivo. A população se sente bastante acolhida por esses profissionais, que são profissionais dedicados exclusivamente a assistência ao SUS [Sistema Único de Saúde] e estão disponíveis nas cidades, nos distritos de segunda a quinta-feira integralmente. Isso representa uma mudança de realidade”.

Ascom Sesab
Mais Médicos/2 anos MS

Notícias relacionadas