Notícias /

Mais de 18 mil exames foram realizados no HEC no primeiro semestre de 2015

10/08/2015 14:25

Exatos 18.143 exames foram realizados no Hospital Estadual da Criança (HEC) no primeiro semestre deste ano, mais precisamente entre os dias 1º de janeiro e 30 de junho. O setor de imagem da unidade hospitalar oferece à população do Estado serviços como raio x convencional, eletrocardiograma, eletroencefalograma e angiotomografia.

Também são oferecidos os exames de raio x contrastado (EREED: Estudo Radiológico Estômago, Esófago e Duodeno, Trânsito Intestinal, Clister Opaco, Deglutograma, Uretrocistografia miccional), ultrassonografia e tomografia com e sem contraste – inclusive cardíaca.

O setor de Imagem funciona 24 horas por dia, de domingo a domingo – e nos finais de semana e feriados atende apenas a emergência. Dispõe de cinco aparelhos de raio x – sendo quatro móveis; dois aparelhos de ultrassom móveis, e um tomógrafo de 64 canais, o qual proporciona rapidez, eficiência e eficácia nos exames.

Recentemente, o serviço foi ampliado para o público externo: antes era oferecido apenas para crianças internadas. A marcação dos exames como raio x, ultrassonografia, exames laboratoriais, eletrocardiograma e eletroencefalograma pode ser feita através do número (75) 3602-0369 ou presencialmente, em horário administrativo – das 8 horas às 18 horas.

“Enquanto hospital público estamos muito bem servidos. Considero o setor de Imagem do HEC muito bom; não há outro hospital no Estado que tenha esse suporte para oferecer à população no que se refere a imagem. E, agora, a ampliação dos serviços para o público externo só reforça essa capacidade que o hospital tem para atender plenamente a população”, enfatiza, o médico Marcos Gomes, coordenador do setor.

Urgência e Emergência

O HEC presta atendimento através do Acolhimento Com Classificação de Risco (ACCR), instrumento internacional de ordenação e orientação da assistência. Este sistema classifica o paciente conforme a prioridade com relação ao seu risco de saúde. Então os pacientes classificados como “vermelhos” e “amarelos” são atendidos prioritariamente – aqueles que possuem risco de vida imediato e agravo de saúde significativo, respectivamente. Os pacientes classificados como “verde” e “azul”, por sua vez, são considerados não urgentes e, por isso, atendidos em tempo superior aos demais.

Ascom HEC
/HEC/exames

Notícias relacionadas