Notícias /

Secretários discutem metas para orientação da gestão

17/08/2015 14:52

Gestores de saúde dos municípios de abrangência dos Núcleos Regionais de Saúde (NRS) de Salvador e de Alagoinhas e técnicos da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) se reúnem até quarta-feira (19), na Oficina de Trabalho de Planejamento Regional Integrado de Saúde. A abertura do encontro, que ocorre no Grande Hotel da Barra, em Salvador, foi realizada nesta segunda-feira (17).

As oficinas, promovidas pela Sesab, tem por objetivo pactuar diretrizes e metas nacionais para o ano de 2015, em articulação com a Programação das Ações do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde (ProgVs) e a Programação Pactuada Integrada (PPI-Gradualizada). Esta é a segunda oficina realizada, a primeira foi em Feira de Santana.

A Superintendente de Proteção e Vigilância à Saúde, Ita de Cácia, que na abertura do evento representou o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destacou que as discussões servirão para conduzir o trabalho de todos. “Essa programação estabelece metas que servem para corrigir os rumos da gestão de todos”, disse Ita de Cácia.

Para Maria Inês Barbosa, representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), instituição parceira na realização das oficinas, é importante que o sistema de saúde seja planejado para que possa conseguir atender as demandas da população. “Estamos fazendo um planejamento ascendente, onde as necessidades são discutidas a partir dos territórios”, pontuou a representante da Opas./

As orientações para os municípios ausentes são que, no caso do Sispacto – Sistema que alimenta as Metas e Indicadores Nacionais e o ProgVs, será necessária a aprovação em reunião da CIR, para em seguida, ser apresentada ao Conselho Municipal de Saúde (CMS), para que, posteriormente o NRS possa homologar. No caso da PPI, o município ausente terá que aceitar a pactuação aprovada pelos presentes./

Ascom Sesab
PPI/oficina Salvador

Notícias relacionadas