Notícias /

Simpósio discute fortalecimento dos Consórcios Públicos no Estado

21/08/2015 13:01

Os desafios da gestão e o fortalecimento dos Consórcios Públicos no Estado foram discutidos durante o I Simpósio Integra Bahia, nesta quinta-feira (20), no Hotel Sol Bahia, em Salvador. O evento, que se encerra nesta sexta-feira (21), teve como objetivo demonstrar a importância dos consórcios na gestão, tornando-se uma alternativa para melhorar a eficiência na prestação de serviços públicos.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto dos Consórcios Públicos de Saúde, que está sendo elaborado desde o início do ano, com o objetivo de preencher a lacuna existente entre a atenção básica e a alta complexidade.

Ele explicou que neste modelo de gestão os custos com os serviços de saúde são “rateados” entre estado e municípios. Com um custo mensal estimado em R$700 mil, os municípios ficarão responsáveis por pagar 60% e o Estado 40%. Este valor é relacionado às policlínicas que serão instaladas nos municípios sede. No entanto, ele acrescentou que a construção das unidades, com valores em torno de R$12 milhões cada, será custeada pelo governo.

Fábio Vilas-Boas reconhece que a iniciativa não vai sanar todos os problemas da saúde pública na Bahia, mas vai abranger a área das especialidades “que hoje é um dos maiores problemas enfrentados pelos municípios”. Ele acrescentou ainda que, à medida que os consórcios forem se consolidando, os municípios poderão incluir serviços como laboratórios, Samu, dentre outros.

Já a escolha da cidade sede da policlínica, ficará sob a responsabilidade dos municípios pactuados, sendo que todos terão a mesma autonomia na gestão dos consórcios, embora o financiamento seja proporcional ao número de habitantes.

O vice-governador, João Leão, reforçou que o governador Rui Costa acredita muito nos consórcios seja na área da saúde, de infra estrutura, “pois com certeza eles vão melhorar consideravelmente as áreas a que se destinam”, pontuou.

Organizado pela Federação de Consórcios da Bahia (Fecbahia), o evento contou com representantes de 19 territórios de identidade e das secretarias estaduais da Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e Reforma Agrária.

S.C. Ascom/Sesab
consórcios/Fecbahia

Notícias relacionadas