Notícias /

Tratamento para funcionários do HGCA que desejam parar de fumar está sendo disponibilizado

01/09/2015 17:10

Funcionários do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) que desejam parar de fumar já podem contar com tratamento gratuito oferecido pelo médico pneumologista Ricardo Figueiredo. A iniciativa faz parte da Campanha de Combate ao Tabagismo 2015, em alusão ao dia 29 de agosto, data em que se comemora o dia nacional de combate ao fumo. As pessoas interessadas devem agendar consulta com a enfermeira Rosely, no Ambulatório do HGCA. Nos próximos três meses o médico vai atender no ambulatório de pneumologia da UEFS, toda terça-feira de manhã.

De acordo com Ricardo Figueiredo, o tabagismo é um problema de saúde pública mundial, que acomete grande parte da população. “Apesar de reconhecido oficialmente pela Organização Mundial da Saúde como doença, pouco tem sido feito para combater essa condição que afeta mais de um bilhão de pessoas. As quatro principais causas de morte na população mundial – infarto do coração, derrame cerebral, câncer e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) – estão relacionadas diretamente ao consumo de cigarros”, disse o médico. Ele considera o tabagismo a principal causa de morte evitável da atualidade.

O cigarro encurta a expectativa de vida em 10 anos e dois a cada três fumantes morrerão por uma causa relacionada ao tabagismo. A exposição diária às 4.000 substância tóxicas presentes no tabaco provocam envelhecimento progressivo da pele, danificam o cabelo, prejudicam o paladar e olfato, e contribuem para piora da qualidade de vida do fumante.

Ainda segundo o médico, além de controlar a ansiedade, as medicações mais modernas ajudam a controlar os sintomas decorrentes da falta de nicotina. É preciso reforçar uma postura de acolhimento ao fumante, entendendo suas necessidades individuais para vencer as barreiras e o isolamento social.

Fonte: Ascom do HGCA
Clériston Andrade/tabagismo

Notícias relacionadas