Notícias /

Dia Nacional de conscientização e divulgação da Fibrose Cística

04/09/2015 20:30

O dia 05 de setembro é dedicado à conscientização e divulgação da Fibrose Cística, doença também conhecida como mucoviscidose e de origem genética. Para detectar precocemente a doença, as crianças, ao nascerem, passam pelo teste do pezinho, disponível nas maternidades públicas do estado. Causada por um gene defeituoso que faz com que o corpo produza um líquido anormalmente denso e pegajoso, conhecido popularmente como muco, que se acumula nas passagens respiratórias dos pulmões e também no pâncreas.

Doença que atinge um em cada 1,2 mil a 2 mil nascidos vivos, tendo uma incidência maior na população de cor branca. A fibrose cística pode ser melhor controlada quando diagnosticada precocemente, proporcionando mais qualidade de vida ao paciente. Na Bahia, a rede pública conta com o Centro de Referência de Fibrose Cística, que funciona, desde 1991, no Hospital Octávio Mangabeira, no bairro do Pau Miúdo.

A fibrose cística é uma doença grave que pode levar à morte, quando não se realiza o tratamento adequado. Ela se apresenta como uma forte infecção respiratória, repetida, causando dificuldade de ganho de peso e déficit de crescimento, no caso das crianças, as mais atingidas pelo mal. Também pode simular um quadro de asma, com dispnéia (dificuldade de respirar).

A doença afeta as glândulas exócrinas do organismo, principalmente pulmão – onde provoca formação de grande quantidade de catarro -, pâncreas e glândulas sudoríparas. Outros sintomas são diarréia, com presença de gordura nas fezes, e suor salgado, através do qual pode também é possível fazer a detecção do problema.

Ascom/Sesab

Notícias relacionadas