Notícias /

Experiência da Bahia na luta contra diabetes é apresentada em fórum nacional

22/09/2015 20:14

Um dos trabalhos do Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia (Cedeba), unidade da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foi apresentado durante o Fórum Diabetes: Um mal que pode ser evitado, realizado nesta terça-feira (22), em Brasília. A coordenadora do Cedeba, Reine Fonseca, afirmou que a experiência realizada no ano de 2014 em 11 municípios baianos do extremo Norte, além de Cícero Dantas e Dias D’Ávila, possibilitou aumento na detecção do diabetes em 20% nas localidades observadas.

A iniciativa, batizada pelo Cedeba como Projeto de Qualificação do Cuidado e Mobilização Comunitária em Diabetes (Proced), foi realizada em parceria com a World Diabetes Foundation (WDF) e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS) e deve se expandir para a Região Metropolitana de Salvador.

O foco do Proced é educação. A coordenadora Reine explicou que, após a capacitação e a mobilização de médicos, enfermeiros, farmacêuticos e nutricionistas foi possível avaliar o impacto do trabalho nos pacientes. A premissa “ensinar o profissional a ensinar” permitiu ampliar a identificação desse problema de saúde. Para ela, diante da progressão do número de portadores do diabetes, é preciso seguir implementando mais educação, que “pode ser parte da solução”, defendeu ela. Reine assinalou a importância do fortalecimento da atenção básica para maior detecção precoce dos casos de diabetes.

O evento aconteceu no Senado Federal, com promoção do Instituto Brasileiro de Ação Responsável (IBRA), e, com cerca de 4 horas de duração, reuniu pacientes, profissionais de saúde, contando com representação do Congresso Nacional, Ministério da Saúde, sociedade civil e representações de estados.

Ascom/Sesab
/cedeba/brasília

Notícias relacionadas