Notícias /

Secretário busca alternativas para combate ao mosquito da dengue

09/10/2015 18:20

Nesta sexta-feira (9), o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, visitou uma empresa que produz moléculas repelentes contra o mosquito da dengue. Localizada em Barcelos, Portugal, a Smart Inovation, que é uma das mais avançadas indústrias de nanoteconologia do mundo, produz uma tecnologia de aprisionamento do mosquito em nanopartículas que permanece por até quatro anos nos ambientes onde é aplicada.

O secretário explicou que o governo da Bahia pretende estabelecer um acordo de cooperação técnica para “avaliar a sua eficácia em nosso meio e, com isso, desenvolver mais uma ferramenta contra o mosquito da dengue”, pontuou Fábio Vilas-Boas.

Ele ainda acrescentou que a possibilidade de aplicação do produto é variada. “Vai desde a pulverização nos interiores e exteriores de residências, até a possibilidade de o produto ser incorporado em tintas e utilizado na pintura de prédios públicos e escolas”.

A Visita faz parte da viagem que o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, faz à Europa com o objetivo de prospectar tecnologia e investimentos para serem aplicados na melhoria dos serviços de saúde da Bahia, a exemplo de um acordo que será assinado com o grupo Italiano Chemy, para possibilitar a produção da hidroxiureia pela Bahiafarma, por meio da ITF Chemicals, empresa do grupo instalada no pólo petroquímico de Camaçari. O medicamento é utilizado nos pacientes portadores de anemia falciforme.

 

Ascom/Sesab

Nanotecnoliga/Dengue

Notícias relacionadas