Notícias /

Gestão de saúde é discutida em seminário

22/10/2015 20:09

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, participou na manhã desta quinta-feira (22), no Anfiteatro da Escola de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba), da solenidade de abertura do II Seminário Internacional de Gestão Contemporânea de Sistemas de Saúde, que visa tratar da qualidade, acreditação e segurança do paciente.

No evento, que segue até amanhã (23), Vilas-Boas falou sobre o sub financiamento da saúde e da importância de qualificar os profissionais para não administrar os recursos de forma amadora. “Vamos investir cada vez mais na qualificação dos nossos profissionais, para termos eficiência na gestão”. Ele ainda acrescentou que “atualmente nós temos retorno de apenas 30% do que se produz nas nossas unidades”.

De acordo com o gestor da pasta da saúde, essa realidade é em função da inexistência de infraestrutura adequada e de sistemas de tecnologia que visem aumentar a capacidade do faturamento. “Do nosso teto de média e alta complexidade, temos apenas um terço de retorno. Por isso a importância desse evento que se encaixa na nossa visão de gestão”, concluiu o secretário.

Já a representante do Ministério da Saúde, Diana Oliveira, falou sobre a segurança do paciente e destacou que o núcleo de segurança não deve ser apenas mais um setor dentro das unidades de saúde, mas um serviço que deverá contar com o envolvimento de todos os profissionais. Ela ainda pontuou que “este cuidado não deve se restringir ao ambiente hospitalar, mas se estender para onde estiverem os profissionais de saúde”.

A coordenadora geral do evento, Vera Mendes, explicou que o seminário possibilita a interlocução entre pesquisadores, professores, profissionais e estudantes de pós-graduação, que servirá para orientar novas pesquisas e ações de formação, além da contribuição para a reestruturação dos processos hospitalares.

Também presente ao seminário, o vice-diretor da Faculdade de Administração da Ufba, Ernani Coelho, ressaltou que os maiores avanços da administração envolve a área de saúde em decorrência da especificidade e complexidade do setor

Ascom/Sesab

Notícias relacionadas