Notícias /

Saúde Bucal do Ministério da Saúde tem nova coordenação

22/10/2015 20:15

A odontóloga Rozângela Fernandes Camapum, ex-presidente da Federação Interestadual de Odontologistas, acaba de assumir a coordenação do Programa de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, em substituição a Gilberto Alfredo Pucca, que ocupou o cargo por12 anos.

A nova coordenadora pretende dar continuidade à Política Nacional de Saúde Bucal, por meio do Programa Brasil Sorridente, implementado no governo anterior e mantido, como prioridade, pela nova gestão. A intenção é consolidar, ampliar e promover os ajustes necessários no Programa, o que inclui a prioridade da qualificação da atenção básica.

Rozângela Camapum destaca que sua atuação será focada no princípio da equidade nas políticas implementadas, permitindo assim o reforço das ações voltadas às populações vulneráveis (sistema prisional, pessoas com deficiência, moradores de rua e indígenas), além da ampliação do atendimento no nível terciário.

A nova coordenadora ressalta que todas as ações que vierem a ser implementadas na coordenação-geral de Saúde Bucal serão debatidas e executadas em parceria com as entidades odontológicas, Instituições de Ensino Superior, rede de serviços e gestores no âmbito municipal e estadual.

A nova coordenadora geral de Saúde Bucal graduou-se em Odontologia em 1984, pela Universidade Federal de Goiás, e é especialista em Odontopediatria pela ABO-GO (1989). Trabalhava, desde abril de 2012, na Secretaria Especial de Saúde Indígena e, no período de 2009 a 2012, foi secretária-geral do Conselho Nacional de Saúde. Foi também servidora da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, de 1987 a 2012. Foi uma das fundadoras e presidiu o Sindicato dos Odontologistas do DF e a Federação Interestadual dos Odontologistas (1995 a 1998).

Em seu segundo mês de gestão, nos dias 19 e 20 de outubro de 2015, convidou representantes de todos os estados brasileiros para troca de experiências e discussão dos principais avanços e desafios da Saúde Bucal, no Encontro com Coordenadores Estaduais de Saúde Bucal. A Bahia foi representada pela Área Técnica de Saúde Bucal da Diretoria de Gestão do Cuidado e retornou do Encontro consciente de que os avanços foram inúmeros, mas que os desafios são ainda maiores, diante da atual conjuntura política e econômica do nosso país.

Fonte: DGC
Saúde Bucal/MS

Notícias relacionadas