Notícias /

Caminhada e Feira de Saúde pelo Dia Mundial de Combate ao AVC reúnem 300 pessoas no Dique

25/10/2015 15:39

Cerca de 300 pessoas participaram hoje (25) da 5ª Caminhada “Rumo a qualidade de vida” do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). O evento, realizado no Dique do Tororó, marcou a passagem do Dia Mundial de Combate ao AVC (Acidente Vascular Cerebral), 29 de outubro, e teve como principal objetivo alertar a população para a importância de se prevenir a doença, evitando fatores de risco como o sedentarismo e a obesidade. Conhecido tradicionalmente como derrame, AVC pode ser evitado com hábitos saudáveis, entre eles a prática de exercícios físicos.

Além da caminhada, foi instalada no local uma Feira de Saúde, com uma série de ações para atendimento à população, como aferição da pressão arterial, medição dos índices de glicemia e pesagem, bem como divulgação de informações sobre AVC, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e doenças crônicas, orientação nutricional, entre outras questões relacionadas à saúde. Material educativo sobre prevenção da diabetes e da hipertensão arterial, os dois principais fatores de risco para AVC, foi distribuído entre os presentes.

O neurologista Pedro Antonio Pereira de Jesus, coordenador da Unidade de AVC (UAVC) do HGRS, revela que o Acidente Vascular Cerebral é a principal causa de morte no Brasil, e que na Bahia ocorrem cerca de 5 mil casos da doença por ano. Ainda segundo o neurologista, o AVC acomete prioritariamente a população idosa, mas pode acometer qualquer faixa etária, e “tem ocorrido com mais frequência entre os jovens, em decorrência de questões como a obesidade e a vida mais sedentária”.

SINTOMAS

Fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; confusão, alteração da fala ou compreensão; alteração na visão (em um ou ambos os olhos); alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar; dor de cabeça súbita, intensa, sem causa. Esses são os principais sintomas do AVC, e a identificação rápida desses sintomas é muito importante para o diagnóstico e o tratamento adequado, além de redução de incapacidades.

As medidas de prevenção do AVC incluem o controle da pressão arterial e dos níveis de glicemia, a prática de exercícios físicos e a redução de peso, já que a obesidade é um dos fatores de risco, assim como a hipertensão arterial, o tabagismo e colesterol alto.

OUTRAS ATIVIDADES

Além da caminhada do HGRS, que acontece pelo quinto ano consecutivo, outras atividades vão marcar o Dia Mundial de Combate ao AVC. No dia 29, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia promove Audiência Pública sobre o AVC (sintomas, causas, atendimentos, estatísticas, combate) e lançamento do APP AVC Brasil, a partir de 9h30.

Também no dia 29, na Praça Newton Rique, em frente ao Shopping da Bahia, de 8 às12h, será realizada uma Feira de Saúde, visando mobilizar e alertar a população sobre o AVC, fatores de risco e fatores preventivos, iniciativa do Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e secretaria municipal de Saúde de Salvador.

Além de diversas ações de mobilização que vão ocorrer, a Rede Brasil AVC fará o lançamento do aplicativo “AVC BRASIL”, que poderá ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais dos sistemas Android e IOS.

O AVC Brasil tem como finalidade alertar as pessoas e facilitar o acesso delas o mais rápido possível a um local de atendimento especializado. Ao baixar o aplicativo “AVC Urgência”, a pessoa visualizará algumas ilustrações, mostrando os principais sintomas que apontam para o diagnóstico de AVC, tais como boca torta, dificuldade de falar e dificuldade para levantar os braços. Também terá acesso a uma relação de unidades de atendimento ao AVC em sua região geográfica, com filtro de endereço por geolocalização, apontando a unidade mais próxima de onde ela se encontra.

 

A.G. Mtb 696/Ba

Roberto Santos/AVC

Notícias relacionadas