Notícias /

Rastreamento do câncer de mama está sendo feito no Nordeste de Amaralina

26/10/2015 18:32

As mulheres de 50 a 69 anos, de hoje (26) até sexta-feira (30), poderão realizar exames gratuitamente exames de mamografia, na base Comunitária do Nordeste de Amaralina. A ação, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com a Polícia Militar, faz parte do programa itinerante Saúde sem Fronteiras, ainda dentro das comemorações do Outubro Rosa.

A abertura da ação, que tem por objetivo fazer o rastreamento do câncer de mama, foi feita esta manhã com as presenças do diretor de Projetos Estratégicos da Sesab, Enádio Moraes, do comandante da 40ª CIPM, major Arnaldo Neto, e do comandante da Base Comunitária do Nordeste de Amaralina, capitão Helder Figueiredo. Serão disponibilizadas 800 mamografias.

De acordo com Enádio Moraes, o rastreamento do câncer de mama vai atender às mulheres de 50 a 69 anos, residentes nas áreas de Santa Cruz, Nordeste de Amaralina e Vale das Pedrinhas. “É muito importante que as mulheres compareçam para a realização do exame. Para aquelas que tiverem diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico e radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia de referência para a região de saúde de residência das pacientes”, esclareceu o diretor.

Este programa é uma ferramenta de importante contribuição no acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama. O atendimento é feito através de unidades móveis (carretas) e o seu diferencial é o acompanhamento das mulheres com imagens inconclusivas, após a realização da mamografia, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento.

L.S./M.Tb.909-Ba.
/saúde sem fronteiras/rastreamento/nordeste de amaralina

Notícias relacionadas