Notícias /

Hospital do Subúrbio conquista seu quinto prêmio em cinco anos de funcionamento

03/11/2015 14:47

Quatro meses depois de ter conquistado o prêmio do Serviço Público das Nações Unidas, na categoria ‘Melhoria na prestação de serviços públicos’, o Hospital do Subúrbio recebeu nesta quinta-feira, dia 29, em São Paulo, o Prêmio Luiz Plínio Moraes de Toledo – Práticas Inovadoras 2015, durante o VII Fórum Internacional de Qualidade em Saúde IQG, idealizado pelo Instituto Qualisa de Gestão (IQG), credenciado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e referência nacional na certificação e na implementação de programas de gestão de qualidade na área de saúde.

Este é o quinto prêmio em cinco anos de funcionamento, após concorrer com mais de 250 iniciativas inovadoras. De acordo com o IQG, foram avaliados procedimentos adotados que estão inseridos na metodologia de práticas inovadoras, a exemplo da integração e redesenho de fluxo de acesso, utilização da comissão de óbitos como ferramenta de transformação dos resultados assistenciais e a utilização dos indicadores assistenciais na tomada de decisão estratégica.

De acordo com o diretor médico do HS, Jorge Motta, o fórum abordou temas de qualidade, segurança na assistência ao paciente e liderança na gestão em saúde, além de valorizar um dos hospitais acreditados pela ONA no território nacional. “A escolha foi feita por avaliadores do instituto e a unidade hospitalar, dentre todos os hospitais acreditados ou em fase de acreditação no país, foi eleito como a instituição de saúde que fez a diferença, com adoção de práticas inovadoras de gestão”, disse.

Para a diretora-geral do Hospital, Lícia Cavalcanti, o modelo de gestão e operação através do projeto de Parceria Público-Privada (PPP), sob a responsabilidade da empresa Prodal Saúde, “foi capaz de atuar garantindo bons resultados assistenciais, efetivos, resolutivos e ágeis, executados por equipes treinadas e integradas”. Ela avalia mais um prêmio como reconhecimento de um exaustivo trabalho de equipe, além de um estímulo aos novos desafios que se apresentam. “O mais importante para o hospital é o paciente. É assim que conduzimos as nossas ações, primando sempre pela qualidade do serviço prestado e por valores como a ética e o respeito ao próximo”.

Outros reconhecimentos marcam a história do hospital, como: a Acreditação Hospitalar, conferida em 2012 pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) em nível 1 – num prazo recorde de dois anos após a sua inauguração – e a recertificação em nível 2, Acreditado Pleno, em 2014; o Prêmio das 100 Iniciativas mais Inovadoras do Mundo, pela KPMG em 2012; e o Prêmio dos 10 Melhores Projetos de PPP da América Latina e Caribe, pelo IFC, revista World Finance e Infrastructure Journal, em 2013.

“Em termos assistenciais, o Hospital do Subúrbio opera com o mesmo nível de qualidade e segurança vigente nos melhores hospitais do país, haja vista já ter alcançado a acreditação hospitalar plena pela Organização Nacional de Acreditação – ONA, em apenas quatro anos de funcionamento. Os nossos indicadores assistenciais são compatíveis com as melhores práticas, já somos grande formadores de mão de obra para a área de saúde, com internato, residências médicas e demais profissões da cadeia de serviços assistenciais, em um ambiente competitivo e profissional”, sinaliza o presidente da Prodal Saúde, Jorge Oliveira.

Funcionamento – O Hospital do Subúrbio já se configura como um modelo a ser seguido por outras unidades de saúde brasileiras. Desde 2011, o HS opera com capacidade plena. Ao todo, são 373 leitos, dos quais 253 de internação, 10 de UTI pediátrica, 50 para adultos e 60 de internação domiciliar. A unidade hospitalar dispõe de uma equipe de quase 1,5 mil profissionais, incluindo 270 enfermeiros, 585 técnicos de enfermagem, funcionários de apoio técnico, serviços gerais, administração e corpo diretor.

Ascom/Hospital do Subúrbio
Hospital do Subúrbio/maisprêmio

Notícias relacionadas