Notícias /

Simpósio de Fisioterapia reforça atividade acadêmica do HGRS

27/11/2015 18:34

Atividade realizada a cada dois anos, o Simpósio de Fisioterapia do Hospital Geral Roberto Santos mobilizou em sua 5ª edição, realizada hoje (27), mais de uma centena de profissionais, residentes e estudantes da área. Em discussão, temas relativos à prática da fisioterapia hospitalar com base em experiências desenvolvidas nos diversos setores do próprio HGRS, como as unidades de AVC (Acidente Vascular Cerebral), Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e Neonatologia.

Na abertura do evento, o diretor Geral do HGRS, Antônio Raimundo Pinto de Almeida, ressaltou a importância de dar ênfase às atividades de ensino e pesquisa, uma das prioridades da atual diretoria. “Montar a estrutura para dar apoio aos grupos de pesquisa, usando esse fantástico campo de prática que é o Hospital Roberto Santos, é dever do Hospital. A fisioterapia é importante nesse campo, e já conseguimos vagas para os fisioterapeutas dentro do pronto-socorro (Emergência), onde, apesar de estarmos atendendo pacientes mais graves, a mortalidade caiu”.

O aumento dos nascimentos de bebês portadores de microcefalia também demanda a atuação dos fisioterapeutas. “São crianças com quadros neurológicos diferentes e mais complexos, que requerem maior tempo de permanência no ambiente hospitalar e o apoio dos profissionais de fisioterapia se torna muito importante”, destacou Antônio Raimundo, que instalou o V Simpósio ao lado do coordenador do Serviço de Fisioterapia do HGRS, Jorge Luís Motta.

Antônio Raimundo também anunciou aos participantes uma campanha que será feita com foco em duas questões da maior importância na segurança do paciente: o controle no uso de antibióticos e a higienização. “Com o avanço da tecnologia, práticas básicas e altamente eficientes, como a lavagem das mãos e o uso do álcool gel, deixam de ser observadas. Já a resistência a antibióticos em decorrência do seu uso excessivo e inadequado é questão de segurança nacional: nos Estados Unidos, essa questão está com o Ministério da Defesa”, ressaltou.

Fazer o melhor

“Oitenta e cinco por cento da população brasileira é atendida no serviço público de saúde. Diante da importância desse serviço, não podemos fazer menos que o melhor”, disse Motta. Segundo o coordenador, o foco do Serviço de Fisioterapia está sendo voltado para a alta hospitalar, ou desospitalização. “Estamos elaborando proposta para readequação do fluxo de atendimento em fisioterapia focando na alta hospitalar”, revelou.

Gratuito, o simpósio, organizado pela Coordenação de Fisioterapia do HGRS (Corfis), pela Comissão de Qualidade e Valorização em Fisioterapia (CQVF) e pelo Núcleo de Pesquisa e Ensino em Fisioterapia (NUPEFISO), mobilizou seu público alvo também no quesito solidariedade: dezenas de pacotes e latas de leite em pó foram recolhidos para serem doados à Fundação Lar Harmonia. “Os eventos científicos tornam-se verdadeiros aliados para a melhoria da assistência prestada à sociedade”, afirma o coordenador.

Na programação, foram tratados os temas “Reabilitação funcional precoce em pacientes pós-AVC” (Iara Maso); “Fisioterapia baseada em evidências” (Cássio Magalhães); “Técnicas de remoção de secreção em pacientes com doenças neuromusculares” (Thiago Cardoso); “Sistematização do atendimento fisioterapêutico em UTI” (Pedro Moreira); “Disfunção neuromuscular do paciente crítico” (mesa redonda: Jorge Luís Motta, Bruno Pires, Bruno Prata, Balbino Nepomuceno, Anne Karine Menezes); “Método RTA – reequilíbrio torácio-abdominal” (Tatiane Falcão).

Na parte da tarde, foi a vez dos temas: “Avanços e perspectivas na assistência fisioterapêutica em terapia intensiva pediátrica” (Soraya de Matos); “O aprendizado de bebê pré-termo na faixa Canguru” (Isabel Modesto); “Atualidades em neonatologia” (Adriana Virgínia); “Prescrição da assistência fisioterapêutica na reabilitação pulmonar” (Fernanda Camelier); “Desospitalização: oportunidades e desafios para o fisioterapeuta” (Carolina Ribeiro); “Espiritualidade e saúde” (Cláudio Abdala).

Ascom HGRS
/hgrs/simpósio fisioterapia

Notícias relacionadas