Notícias /

Obras da UTI do Eládio Lasserre serão retomadas

03/12/2015 18:28

“As obras da construção da unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras, serão retomadas”. O anúncio foi feito pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, durante visita a unidade, na manhã desta quinta-feira (03). O hospital, que integra a rede da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), passará a contar com dez leitos na UTI, além dos 150 de internação já existentes.

A construção do novo espaço, iniciada no primeiro semestre de 2014, foi interrompida por conta de pendências da construtora junto ao Governo do Estado. Atualment,e a execução física está em 27%. Fábio Vilas-Boas ainda autorizou a separação da emergência adultos da pediátrica e determinou que fosse providenciada a climatização de todas as enfermarias do hospital que atende, em sua emergência, cerca de 300 pessoas por dia na área de clínica média, pediatria e ortopedia.

A visita, que também teve a participação do assessor de relações institucionais, Mateus Simões, faz parte das inspeções que o Secretário vem fazendo nas unidades da Sesab. O Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, também esteve no roteiro desta quinta-feira (03). Na unidade, Fábio Vilas-Boas verificou a denúncia de falta de equipamentos no hospital. Ele determinou que fosse feito o levantamento dos aparelhos para que sejam tomadas as providências, caso haja déficit, para não haver prejuízo ao atendimento da população.

“O equipamento de arco cirúrgico para a realização de cirurgias ortopédicas estava quebrado e determinei a substituição emergencial por um novo”, disse durante a visita ao Menandro de Faria. Ele ainda falou da necessidade da instalação de uma grade no seu entorno.

O secretário foi ainda ao Hospital Carvalho Luz. A unidade tem 84 leitos e acolhe, principalmente, pacientes crônicos acometidos por traumas, pacientes que necessitam de observação enquanto aguardam segundo tempo de cirurgia, além de ter um centro cirúrgico que realiza algumas cirurgias plásticas reparadoras. “Identifiquei a necessidade de reduzir o tempo de permanência desses pacientes, aumentando o giro leito”, afirmou Fábio Vilas-Boas.

A Unidade de Emergência Mãe Hilda de Jitolu, no Curuzu, também foi inspecionada pelo Secretário. “A unidade necessita passar por reforma geral, troca de piso, pintura e mobiliário novos. Precisa ainda de informatização total na assistência médica. O governador Rui Costa foi informado e determinou que fossem realizados todos os investimentos para dotar a unidade do que há de mais moderno”, destacou Fábio Vilas-Boas. A unidade de emergência do Curuzu atende a uma média de 200 pessoas por dia. São pacientes acometidos principalmente por complicações de hipertensão e diabetes.

L.R. DRT 2.600/BA

Eládio/uti retomada

Notícias relacionadas