Notícias /

Santa Casa de Valença inaugura Centro de Parto Normal

01/02/2016 12:13

A Santa Casa de Misericórdia de Valença vai inaugurar, no dia 12 de fevereiro, às 09h30, o primeiro Centro de Parto Normal (CPN) do Baixo Sul da Bahia. A instituição já conta com uma maternidade convencional, onde são realizados, aproximadamente, 200 partos por mês. A inauguração contará com a presença do Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas; do Deputado Federal Antônio Britto; do Deputado Estadual Hildécio Meireles e da prefeita da cidade de Valença, Jucélia Nascimento, entre outras autoridades locais. Haverá também uma homenagem às parteiras que marcaram época na região.

Para inaugurar o CPN, foi necessário um investimento de R$ 207 mil, sendo R$ 82 mil provenientes de recursos próprios da Santa Casa. Os demais custos contaram com o apoio da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que viabilizou a aquisição de seis camas pré-parto, parto e pós-parto (PPP) no valor de, aproximadamente, R$ 125 mil, além da contratualização para possibilitar os serviços prestados.

Cerca de 120 partos normais serão realizados mensalmente através do Sistema Único de Saúde (SUS), recebendo pacientes de Valença e demais municípios do Baixo Sul. O espaço conta com cinco quartos individualizados para a gestante e acompanhante, consultório obstétrico e sala de atendimento de enfermagem, seguindo os critérios de humanização do parto natural, que inclui o cuidado com a ambiência (bem ¬estar integral), humanização das condições do partejar e respeito à individualidade de cada mulher. Adequando a ambiência às especificidades de cada parturiente e seu familiar, o CPN garante a atenção ao parto e nascimento humanizados, possibilitando que os períodos clínicos do parto sejam assistidos no mesmo ambiente com a presença do acompanhante de escolha da gestante, cumprindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Rede Cegonha.

Segundo Adriana Couto, gerente operacional da Santa Casa de Valença, “o CPN vem com a proposta de atender as exigências previstas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), mas, sobretudo, tem real interesse por desenvolver uma cultura de humanização, qualidade e segurança na assistência prestada aos seus usuários, inclusive, no que tange aos cuidados com o binômio mãe-filho”.

O provedor da Santa Casa, Guido Magalhães Júnior, destaca a dedicação de colaboradores para a realização dessa conquista e lembra a necessidade de continuar tendo o apoio governamental e da sociedade em geral para manutenção e melhoria dos serviços prestados pela instituição, “embora o cenário seja de dificuldades e preocupações quanto ao futuro, a inauguração do Centro de Parto Normal, simbolicamente representa esperança em dias melhores, com o nascimento de novas energias, inclusive por sinalizar o esforço de toda uma equipe para viabilizar mais um importante serviço em favor da comunidade. Esperamos continuar contando cada vez mais com a sensibilidade do governo do Estado e do despertar de todos quanto à importância de ajudar a Santa Casa de Misericórdia de Valença.”

Para Manoel Henrique Miranda, sanitarista da Diretoria de Gestão da Rede Própria (DGRP) e apoiador da Rede Cegonha, “ter um serviço deste é bom para Valença e municípios circunvizinhos, e é um grande espaço para poder mudar o modelo obstétrico de atenção ao parto de toda a região. É um centro irradiador das práticas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde”.

Centro de Parto Normal – É uma das principais estratégias do Ministério da Saúde para a redução da mortalidade materna e infantil, se baseia nas diretrizes das boas práticas de atenção ao parto, preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e na lógica de se construir um Sistema Único de Saúde (SUS) que aproxime os serviços que fazem parte da rede, melhorando a assistência. O CPN é específico para parto de risco habitual, as mães realizam o pré-natal na atenção básica, quando o risco gestacional é avaliado. É possibilitada, ainda, a presença de acompanhante durante o pré-parto, parto e pós-parto, o que integra o conceito de humanização seguido.

Roda de Gestantes – A Santa Casa de Valença vem realizando, há quase um ano, um trabalho diferenciado de orientação ao pré-natal para mulheres grávidas de toda a região, através da Roda de Gestantes. O encontro mensal e gratuito tem o objetivo de conscientizar sobre a importância dos cuidados durante a gestação e tirar dúvidas do pré-natal até os primeiros meses após o nascimento do bebê.

Ascom da Santa Casa de Misericórdia de Valença
Hospitais/Valença/Casa de Parto

Notícias relacionadas