Notícias /

Hospital Regional Dantas Bião realiza primeira neurocirurgia

04/02/2016 14:47

A equipe de neurocirurgia do Hospital Regional Dantas Bião (HRDB), no município de Alagoinhas, a 120 km de Salvador, realizou na última terça-feira (02), o primeiro procedimento cirúrgico da unidade. A paciente, vítima de acidente motociclístico, 39 anos, deu entrada no hospital com um quadro de traumatismo craniano encefálico – TCE. A cirurgia foi realizada com sucesso e ela se recupera na UTI do hospital. Hoje, quinta-feira, mais uma neurocirurgia será realizada no Dantas Bião.

O serviço de neurocirurgia começou a ser disponibilizado no Hospital Regional Dantas Bião, unidade 100% SUS do Estado da Bahia, sob gestão do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), na segunda -feira, 1º de fevereiro. O serviço, que chega para preencher uma lacuna na área de atendimento especializado, traz o propósito de estender a capacidade de atendimento, recebendo pacientes de trauma, de uma região estimada em meio milhão de habitantes.

A neurocirurgia é de extrema importância, visto que os usuários do SUS de Alagoinhas e região só tinham acesso a esta especialidade nos hospitais da capital baiana. Com a neurocirurgia em funcionamento, o serviço contribui de forma decisiva para desafogar estas unidades, buscando a resolutividade dos casos e tornando possível melhorar a qualidade de vida dos pacientes neurocirúrgicos, com diminuição da mortalidade por causas externas e resolutividade imediata dos casos cirúrgicos.

Considerado referência para urgência e emergência, com o perfil de média e alta complexidade, o Dantas Bião, conta com atendimento de urgência e emergência em regime de 24h, nas especialidades de: clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ortopedia, e outras, contando também com atendimento ambulatorial, em inúmeras especialidades.

Avanço – Outra boa notícia é que já está disponibilizado na unidade um intensificador de imagens que contribui com a resolutividade das cirurgias ortopédicas mais complexas, diminuindo assim o tempo de permanência do paciente no hospital e o risco de infecção hospitalar.

A.S. DRT 2055
Dantas Bião/neuro

Notícias relacionadas