Notícias /

Combate à microcefalia em Itabuna une Estado e município

11/02/2016 12:22

Itabuna já tem uma Sala de Coordenação e Controle da Microcefalia, implantada pelo Governo do Estado,e que passará a funcionar em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. A unidade foi instalada no Núcleo Regional Sul de Saúde (antiga 7ª Dires), no centro da cidade, tendo como objetivos gerenciar e monitorar as ações de mobilização e combate ao mosquito Aedes Aegypti para o enfrentamento da microcefalia, além das arboviroses dengue, chikungunya e o zika vírus.

Durante a instalação, a coordenadora do Núcleo Regional Sul de Saúde, Mariza Eduane Costa Pinheiro, explicou que a Sala de Coordenação e Controle da Microcefalia em Itabuna segue o modelo criado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, visa definir diretrizes para intensificar a mobilização e combate ao mosquito Aedes Aegypti e, consequentemente, a microcefalia.

Segundo ela, o trabalho consiste em promover a mobilização social, envolvendo escolas, comunidades, Poder Judiciário e Ministério Público; definir estratégias; planejar a execução das ações e prestar assistência necessária às gestantes, vítimas do zika vírus, tido como responsável pelo aumento de casos da má formação congênita de bebês.

Ao participar da solenidade, o secretário municipal de Saúde, Paulo Bicalho, ressaltou a importância dessa nova unidade, que resultará na ampliação dos esforços que, inclusive, já vem sendo empreendidos no município desde o ano passado. Ele lembrou que as ações em Itabuna serão intensificadas a partir da instalação do QG Combate ao Mosquito e da campanha de mobilização, que começará a ganhar corpo a partir desta semana.

“A Sala de Coordenação e Controle da Microcefalia vai contribuir para consolidar e divulgar informações sobre as ações e os resultados obtidos, além de monitorar procedimentos adotados nas ações de mobilização e combate ao mosquito Aedes Aegypti em Itabuna”, frisou o secretário Paulo Bicalho. Coordenadores dos Departamentos de Vigilância Epidemiológica de municípios regionais, além de agentes Comunitários de Saúde e de Endemias também participaram da solenidade.

Fonte: Ascom de Itabuna
Zika/Itabuna

Notícias relacionadas