Notícias /

Creasi realiza cinedebate para comemorar o Dia Mundial da Doença de Parkinson

06/04/2016 19:12

Dia 11 de abril é o Dia Mundial da Doença de Parkinson. Para debater e refletir sobre o tema, o Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi) realizará sessão de cinema, com o filme “Tempo de Despertar”, de Penny Marshall, baseado na obra de Oliver Sacks, seguido de bate papo com o neurologista da Unidade, Dr. Ramom Kruschewsky.

O filme será exibido no dia 11, às 13h30, no auditório da Divisa, no Centro de Atenção à Saúde Prof. Dr. José Maria de Magalhães Netto, localizado na Av. Antônio Carlos Magalhães, Iguatemi (próximo à Igreja Universal).

Para participar é necessário confirmar presença através do e-mail creasi.comunicacao@gmail.com, colocando no assunto “sessão de cinema Parkinson”.

Parkinson em números

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1% da população mundial acima de 65 anos é afetada pelo problema. No Brasil, estima-se que 200 mil pessoas sofram da doença.

No Creasi são quase 700 idosos atendidos com a patologia e cerca de 2 mil pacientes de todo o estado da Bahia são cadastrados na Farmácia da Unidade e recebem medicamentos. No ano passado, o Centro disponibilizou, aproximadamente, 1 milhão de comprimidos.

Atendimento

Para ser paciente do Creasi, o paciente deve apresentar declínio funcional estabelecido e encaminhar à unidade formulário de referência devidamente preenchido pelo médico ou enfermeiro que o atende na Unidade Básica de Saúde ou Equipe de Saúde da Família.

Farmácia

Para inscrição no programa do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) e recebimento gratuito de medicamentos, não é necessário ser matriculado no Creasi. É preciso original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência com CEP; cartão do SUS; receita médica em duas vias, com o nome da substância e com prazo de até três meses; relatório médico com o CID; Termo de Esclarecimento e Responsabilidade totalmente preenchido, assinado e carimbado pelo médico; Anamnese Social (realizada com a Assistente Social da Farmácia); Laudo de Solicitação, Avaliação e Autorização de Medicamentos (LME), devidamente preenchido, constando o número do cartão do SUS do médico, com até 3 (três) meses de validade.

No site www.saude.ba.gov.br/creasi consta toda relação de documentos e arquivos para download.

Fonte: Creasi
Idoso/ dia parkinson

Notícias relacionadas