Notícias /

Pediatra do HEC incentiva doação de leite materno

23/05/2016 14:55

Na última quinta-feira (19), comemorou-se o Dia Mundial de Doação de Leite Materno. Na Bahia, existem seis bancos de leite humano que acolhem as mães que desejam doar o excesso de leite, um deles Hospital Geral Clériston Andrade (HEC), em Feira de Santana. A pediatra do HEC, Milena Pessoa, ressalta a importância da doação de leite materno, principalmente porque é preciso aumentar os estoques dos bancos de leite do estado para alimentar os bebês internados em unidades de saúde.

“O leite materno é completo, possui nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê e previne contra diversas doenças. Além disso, contribui para o combate à mortalidade infantil. Ele deve ser o único alimento que o bebê deve ingerir até o sexto mês de vida”, explica Milena Pessoa.

A pediatra acrescenta: “e, após os seis meses, mesmo com a inserção de alimentos complementares, a criança deve continuar sendo amamentada, no mínimo, até os 2 anos de idade. Por isso, aconselho que aquelas mães que estão produzindo leite em excesso se solidarizem com inúmeras crianças que estão sem poder receber este alimento tão importante, e realizem a doação”.

Toda mulher que amamenta pode fazer a doação de leite, basta estar saudável e não tomar nenhum tipo de medicamento que interfira na amamentação. A mãe que deseja doar pode se dirigir a um banco de leite ou entrar em contato para receber orientações de como deve ser feita a doação, que vai ajudar muitas crianças prematuras cujas mães não conseguem produzir leite materno. É preciso ressaltar, porém, que o leite materno não pode ser colocado em qualquer recipiente, apenas em recipiente de vidro de tampa plástica.

Ascom do HEC
Hospital da Criança/materno

Notícias relacionadas