Notícias /

Dia Mundial Sem Tabaco: HGRS promove ação de conscientização para funcionários

31/05/2016 19:44

Com o intuito de alertar os servidores do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) para a importância do Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado nesta terça-feira, 31 de maio, a equipe do Serviço Integrado de Atenção à Saúde do Trabalhador (Siast) promoveu, durante o horário de almoço de hoje, uma atividade educativa no refeitório da instituição.

A ação, que teve o objetivo de conscientizar trabalhadores do hospital, promoveu reflexões sobre o tema da campanha desenvolvida pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) neste ano. “Com o nome ‘Embalagem única para o mesmo mal’, a campanha pretende reduzir a atratividade das embalagens de cigarros; eliminar a propaganda e promoção dos produtos de tabaco; limitar as embalagens enganosas dos cigarros; e aumentar a efetividade das imagens de advertências sanitárias”, explica a terapeuta ocupacional Carina Brandão.

A ocasião, de acordo com ela, serviu de oportunidade para convidar funcionários tabagistas que queiram parar ou reduzir o padrão de consumo da substância para participar do Programa de Controle de Tabagismo, do Siast/HGRS: “é um trabalho que acontece por meio de uma abordagem coletiva, com sessões estruturadas e planejadas”.

Fonte: Ascom HGRS
/hgrs/tabaco

Com o intuito de alertar os servidores do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) para a importância do Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado nesta terça-feira, 31 de maio, a equipe do Serviço Integrado de Atenção à Saúde do Trabalhador (Siast) promoveu, durante o horário de almoço de hoje, uma atividade educativa no refeitório da instituição.

A ação, que teve o objetivo de conscientizar trabalhadores do hospital, promoveu reflexões sobre o tema da campanha desenvolvida pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) neste ano. “Com o nome ‘Embalagem única para o mesmo mal’, a campanha pretende reduzir a atratividade das embalagens de cigarros; eliminar a propaganda e promoção dos produtos de tabaco; limitar as embalagens enganosas dos cigarros; e aumentar a efetividade das imagens de advertências sanitárias”, explica a terapeuta ocupacional Carina Brandão.

A ocasião, de acordo com ela, serviu de oportunidade para convidar funcionários tabagistas que queiram parar ou reduzir o padrão de consumo da substância para participar do Programa de Controle de Tabagismo, do Siast/HGRS: “é um trabalho que acontece por meio de uma abordagem coletiva, com sessões estruturadas e planejadas”.

Fonte: Ascom HGRS
/hgrs/tabaco

Notícias relacionadas