Notícias /

HEC registra conquistas no período de um ano

01/06/2016 18:37

Durante o período de um ano, o Hospital Estadual da Criança (HGE) obteve algumas conquistas: passou a dispor de mais dois leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a oferecer o serviço de urologia, realizou a primeira cirurgia laparoscópica da história da unidade hospitalar e retomou a prática canguru no Berçário.

Hoje, a Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI) completa um ano de gestão à frente do HEC, lembrando que ao longo desse período, mesmo com a crise que assola o país e as dificuldades encontradas, a administradora da unidade hospitalar superou as metas estabelecidas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), atendendo crianças baianas com excelência.

Conforme Antonio Novaes Jr., superintendente da Liga Álvaro Bahia, ao longo desse último ano, a unidade ampliou o atendimento prestado às crianças, prezando pela missão da gestora que é combater a mortalidade infantil na Bahia.

“Apostamos na experiência e tradição da Liga, que tem 93 anos, para otimizar a estrutura do estabelecimento e ampliar a oferta dos serviços voltados para a criança. O hospital tem uma excelente estrutura física e sempre esteve entre os objetivos estratégicos da Liga. Estamos muito felizes em alcançar mais esta vitória, de completar um ano de gestão à frente da unidade hospitalar com um saldo positivo, superando metas e dando o nosso melhor para alcançar a nossa missão”, afirma Antonio Novaes.

O superintendente acrescenta: “Essa vitória é fruto de uma relação de confiança existente entre o HEC, a Liga e a Sesab. Ao longo deste último ano, conseguimos realizar mais atendimentos e conquistar avanços com o mesmo recurso financeiro. Isso prova a eficiência de toda a equipe. Parabenizo todos os profissionais da unidade e da Liga pelo resultado alcançado”.

Dados – No segundo semestre de 2015, quando a Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil assumiu a gestão do HEC, a unidade realizou quase 3.000 saídas hospitalares e mais de 109 mil atendimentos ambulatoriais. Ao longo dos meses de dezembro/2015, janeiro/2016, fevereiro/2016, março/2016 a abril/2016 foram realizadas exatas 2.661 saídas hospitalares e mais de 90 mil atendimentos ambulatoriais, todos os dados superando as metas estabelecidas pela Sesab, que estipula como metas 1.452 saídas hospitalares e 42.114 atendimentos ambulatoriais por trimestre.

Estas saídas hospitalares envolvem clínica pediátrica, clínica oncológica e clínica cirúrgica-pediátrica; os atendimentos ambulatoriais, por sua vez, englobam diagnóstico por exames como radiologia, USG e tomografia, e atendimentos em urgência e emergência. Sobre as metas qualitativas, foram alcançadas em 100%.

Imagem e Ambulatório – O HEC dispõe de exames como raios-x, ultrassonografias, tomografias, eletroencefalogramas e eletrocardiogramas. No ambulatório são atendidos pacientes que demandam consultas com pediatra, cirurgião pediatra, neuropediatra, neurocirurgião, ortopedista, cardiologista, urologista, gastroenterologista, hematologista, nefrologista, pneumologista, cirurgião de mão, infectologista, além de cirurgião buco-maxilo-facial, nutricionista e fisioterapeuta.

Emergência – A emergência do HEC, referência em trauma, presta atendimento para mais de 70 municípios do Estado e segue um sistema de triagem hospitalar que classifica o paciente conforme a prioridade com relação ao seu risco de saúde. Vale ressaltar que a unidade hospitalar atua de acordo com o que é estabelecido no contrato assinado entre a sua gestora (Liga Álvaro Bahia) e a Sesab.

Fonte: Ascom do HEC
Hospital da Criança/1ano

Notícias relacionadas