Notícias /

Em Londres, médico do HGRS apresenta pesquisa sobre traqueostomia percutânea sem broncoscopia

07/06/2016 18:06

Um dos coordenadores da Emergência do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), o especialista em cirurgia e medicina intensiva Emídio Lima desembarca em Londres, na Inglaterra, para participar, nesta quinta-feira, 9, do evento The Novelphysiotherapies 2016. Na conferência, o médico e professor da residência vai apresentar os resultados de sua última pesquisa sobre traqueostomia percutânea sem broncoscopia, trabalho aceito para publicação no Journal of Intensive and Critical Care e na revista Pulmonary and Critical Care Medicine (ambos dos Estados Unidos).

De acordo com Lima, a pesquisa a ser exibida envolveu 104 pacientes submetidos à traqueostomia percutânea sem broncoscopia. “Atualmente, nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de todo o mundo, 60% das traqueostomias são realizadas por este método, que é menos invasivo e associado a menos complicações que a traqueostomia convencional”, conta ele, ressaltando a importância de se elevar o número de procedimentos pelo método não-convencional também na Bahia.

A traqueostomia percutânea sem broncoscopia, conforme explica o profissional do HGRS, é realizada à beira do leito: “usa-se um kit que permite, através de punção, a introdução de uma cânula na traqueia, ou seja, a traqueostomia percutânea. As indicações para traqueostomia são desmame de ventilação mecânica e proteção das vias aéreas”.

Ascom HGRS
/hgrs/traqueostomia

Notícias relacionadas