Notícias /

Pacientes atendidos no Bem Estar iniciarão tratamento no Ambulatório de Doenças da Aorta e Carótidas do HGRS

18/07/2016 17:22

A equipe de cirurgiões vasculares do Hospital Geral Roberto Santos, em parceria com outros cirurgiões de Salvador, atendeu 240 pessoas durante o Bem Estar Global realizado em Salvador no dia 15. Na ação, que aconteceu no bairro da Boca do Rio, foram diagnosticados 16 pacientes com doença carotídea necessitando de tratamento. Estes vão ser atendidos na unidade nesta terça-feira, 19, dia em que o Ambulatório de Doenças da Aorta e Carótidas do HGRS funciona.

De acordo com o médico que supervisiona o ambulatório, o cirurgião Leonardo Cortizo, o rastreamento da doença carotídea é uma das ferramentas mais importantes para evitar o Acidente Vascular Cerebral (AVC), a principal causa de morte e incapacidade no Brasil. “A doença das carótidas é uma patologia extremamente frequente na população baiana, que apresenta diversos fatores de risco para ela, como hipertensão arterial, dislipidemia, diabetes, tabagismo e alterações cardíacas. Por conta da dificuldade de acesso ao rastreamento, a doença é subdiagnosticada. A partir do momento que se rastreia com exames de doppler, somos capazes de fazer um diagnóstico precoce e realizar um tratamento antes que o AVC, conhecido também como derrame cerebral, aconteça”, explica ele.

Cortizo acredita que o número de prevalência encontrado no Bem Estar é preocupante, tendo em vista que a doença carotídea é silenciosa e pode exibir o primeiro sinal aparente muito tarde: “7% é um número importante, estas pessoas precisam ficar atentas. A iniciativa de disponibilizar o serviço de assistência em área pública é excelente, pois abrange um público mais amplo. Parabenizamos a Regional Bahia da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV-BA) pela ação em parceria com o Hospital Geral Roberto Santos”.

Ambulatório de Doenças da Aorta e Carótidas do HGRS

Com funcionamento nas manhãs de terças-feiras, o ambulatório – localizado no térreo do Edifício Anexo do Hospital Roberto Santos – atende pessoas com doenças da aorta e das carótidas que tenham diagnóstico estabelecido por exames complementares. Após avaliação do especialista, os pacientes podem ser submetidos a tratamentos diversos, como procedimentos abertos e técnicas minimamente invasivas através da cirurgia endovascular.

Ascom HGRS
/hgrs/bem estar2